Zigmabit está supostamente aplicando um golpe com seus dispositivos de mineração

No dia 11 de novembro, o mercado de criptoativos se deparou com as ofertas de uma nova empresa, a Zigmabit. A empresa passou a oferecer em seu site três dispositivos de mineração supostamente muito mais potentes do que o modelo de maior qualidade da Bitmain, referência no mercado de mineração de criptomoedas.

A caráter de comparação, o ZigBit 5.0 (dispositivo mais potente da Zigmabit) teria capacidade de mineração de 2.000 Th/s, enquanto o modelo de maior performance da Bitmain teria um resultado de “apenas” 56 Th/s.

Contudo, evidências apontam para um possível golpe por parte da Zigmabit. Começando pelos endereços apontados pela empresa, um no Reino Unido e outro no Japão, ambos estão disponíveis para alugar. Abaixo, a imagem mostra o endereço disponibilizado para aluguel em um site:

A segunda evidência coletada diz respeito ao domínio do site. O mesmo foi registrado há um mês por uma figura localizada no Panamá – região conhecida por ser uma rota onde negócios escusos são realizados.

Por fim, a terceira evidência encontrada é que as imagens do potente dispositivo de mineração da Zigmabit são idênticas às de um servidor de mineração da Bitmart, outra empresa que fornece dispositivo para mineração de criptoativos.

Abaixo, a imagem com a oferta referente ao ZigBit 5.0:

Na imagem seguinte, é exibida a oferta do servidor de mineração oferecido pela Bitmart. Note que os produtos exibidos nas imagens são os mesmos.

As três evidências acima exibidas apontam para um possível golpe da Zigmabit, que surgiu repentinamente no mercado oferecendo produtos com capacidade de mineração muito superior aos produtos já disponibilizados por outras fabricantes em operação há mais tempo.

Leia também: Jogo que simula a mineração de criptoativos dá prêmios reais

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *