Venezuela venderá petróleo e ouro por Petro

O presidente da Venezuela Nicolas Maduro anunciou em uma declaração ao jornal venezuelano El Nacional que o país venderá petróleo e parte do ouro que produz em troca da criptomoeda nacional, o Petro. No dia 1º de janeiro, ele afirmou:

“Vamos vender petróleo venezuelano em Petros. Já estamos vendendo o ferro e o aço da Venezuela em Petros. Também temos um contrato assinado para a venda de petróleo, aço, ferro, alumínio e vamos vender parte da produção de ouro em Petros.”

Bônus de Natal foi um bom teste

Segundo Maduro, o “ensaio” do uso da criptomoeda está indo bem. Ele considerou que o bônus de Natal dado em Petro aos venezuelanos foi um bom teste de uso em transações diárias no país. Para o presidente, como a moeda física não é utilizada, os cidadãos puderam receber em Petro.

“Alguns a economizam em seu Petro-app, outros foram ao mercado comprar coisas no mês de dezembro. O Petro rende muito”, disse ele.

Maduro completou dizendo que esse pagamento em Petro aos venezuelanos foi muito exitoso, apesar e terem sido reportadas algumas irregularidades em relação a comerciantes especuladores. 

Sobre o Petro

O Petro passou a ser implementado na Venezuela em outubro de 2017 por Maduro. Seu objetivo com o ativo é  tentar contornar as sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos e combater a hiperinflação da moeda local do país, o bolívar, que consome os salários dos venezuelanos. Apesar disso, o Petro ainda não está listado em nenhuma grande exchange de ativos digitais.

Em novembro, Maduro informou que subsidiará o Petro, a criptomoeda estatal da Venezuela, com 30 milhões de barris de petróleo já extraídos e depositados em tanques de armazenamento. Além disso, Maduro declarou que esse apoio será acompanhado por 180 mil toneladas de ferro certificado.

Leia também: Venezuela doará Petro a cidadãos que se registrarem no Petro App

Forex Crypto News: Cripto Facil