Uzzo recebe investimento de empresa do mercado tradicional

Uzzo recebe investimento de empresa do mercado tradicional

A Uzzo é uma fintech brasileira que fornece contas digitais para uso de criptoativos.

Recentemente, a startup recebeu um investimento da processadora de cartões de crédito Biz, conforme nota dividida com o CriptoFácil.

A Biz, por sua vez, faz parte do leque de empresas do guarda-chuva do Omni Banco & Financeira. Desta forma, a Uzzo recebeu um investimento diretamente do mercado tradicional.

Criptomoedas e mercado tradicional se comunicam

Tendo em vista cláusulas de confidencialidade sobre o negócio, a Uzzo não pôde comentar com o CriptoFácil sobre detalhes do acordo.

Contudo, em uma busca pela Biz, foi encontrada uma relação com a Omni Banco & Financeira.

Segundo o site da instituição, ela já atua há 25 anos no mercado. A Omni também se intitula “uma instituição sólida e reconhecida por possuir um dos melhores serviços de crédito do Brasil”.

Além disso, a empresa conta com mais de 100 mil clientes. A Biz, por sua vez, apresenta diversas soluções referentes ao ramo de cartões de crédito.

Não se sabe quanto foi investido na Uzzo pela Biz, tampouco se a empresa terá participação na fintech de criptomoedas.

Entretanto, trata-se de um importante desenvolvimento para o ecossistema dos criptoativos. Tal movimento pode representar, possivelmente, um interesse institucional em criptomoedas em solo brasileiro.

Tal relação não é novidade em escala global, haja vista a relação recente entre JP Morgan e as exchanges Coinbase e Gemini.

Entretanto, este tipo de interação no Brasil é sempre importante de acompanhar.

A nota da Uzzo

A nota enviada pela Uzzo ao CriptoFácil pode ser verificada, em sua integralidade, abaixo:

“Para continuar descomplicando o dia-a-dia financeiro dos nossos clientes, a UZZO PAGAMENTOS LTDA se relaciona com uma série de parceiros comerciais e de tecnologia que a auxiliam a incluir e a revolucionar o mercado em que atuamos. Um destes parceiros (Biz – Tecnologia em Meios de Pagamento Ltda) contribuiu com a liquidez necessária para enfrentar o momento econômico desafiador que se apresenta por meio da concessão de um empréstimo. Como toda operação financeira, ela está lastreada em garantias e sujeita a obrigações de confidencialidade específicas, de modo que não confirmamos quaisquer detalhes além desta nota.”

É importante ressaltar que o termo “empréstimo” diz respeito ao investimento. Provavelmente seguindo o costume do mercado de investimentos, é provável que tenha sido firmado um contrato de mútuo.

Desta forma, parte da fintech torna-se da Biz em troca da quantia injetada na Uzzo.

Leia também: Binance anuncia solução para comprar criptomoedas no e-commerce

Leia também: BIS recomenda que bancos centrais desenvolvam moedas digitais

Leia também: Pesquisa aponta que 83% dos endereços de Bitcoin estão lucrativos

Forex Crypto News: Cripto Facil