Twitter volta atrás em decisão que poderia apagar parte da história do Bitcoin

Na última terça-feira, 26 de novembro, o Twitter anunciou planos de começar a excluir contas inativas de sua plataforma. De acordo com informações divulgadas pelo portal Techmundo, os usuários que não fazem login há mais de seis meses deverão ser alertados via e-mail de que seu nome de usuário e perfil podem ser removidos. De acordo com a rede social, a intenção é liberar mais nomes de usuários para serem utilizados.

No entanto, a pressão de vários usuários fez com que a plataforma revivesse a sua decisão. O motivo é que muitas dessas contas pertenceriam a pessoas já falecidas – ao contrário do Facebook, o Twitter não conta com o recurso de tornar a conta “em memória de” e não disponibiliza para terceiros as senhas de acesso. Dessa forma, parentes de usuários falecidos alegaram que a atitude resultaria na perda de uma “memória virtual” de seus entes queridos.

Por conta da repercussão negativa, o Twitter afirmou que o plano foi cancelado e que a rede social buscará formas de manter esses tipos de contas e, ao mesmo tempo, conseguir fazer uma “limpeza” e disponibilizar nomes que não estão sendo usados para novos membros ou para quem quiser trocar o seu.

Apagando a história do Bitcoin

Para felicidade dos entusiastas do Bitcoin, o plano do Twitter foi cancelado. Caso ele tivesse sido levado adiante, poderíamos ter perdido uma das contas mais importantes da história do Bitcoin: @halfin, o perfil de ninguém menos que Hal Finney.

Exato: o plano do Twitter afetaria o perfil de um dos maiores criptógrafos da história e a segunda pessoa que rodou o software de Bitcoin no mundo, oito dias depois do lançamento oficial do Bitcoin.

Hal FinneyEm todo o mundo, diversos entusiastas de Bitcoin se manifestaram contra a decisão do Twitter e o risco de que a conta de Finney fosse cancelada. Jameson Loop até fez um alerta relevante, dizendo que Finney “provavelmente vai querer sua conta de volta quando ele retornar” – Finney morreu em 2014 vítima de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e teve seu corpo congelado na esperança de que no futuro se descubra como curar sua doença e ressuscitá-lo.

Jameson Loop

Hal Finney é um dos personagens mais apontados como sendo a face por trás de Satoshi Nakamoto. Seu grande envolvimento com o Bitcoin e as coincidências entre a sua saída e a de Satoshi da comunidade sempre abriram margem a diversas especulações. No entanto, ele sempre negou que fosse Satoshi.

Embora hoje vejamos as redes sociais como palco de debates infrutíferos, em muitos aspectos elas se assemelham a campos arqueológicos, pois guardam importantes registros de fatos. A história de Hal Finney e seus tuítes estão intimamente ligados com a história do Bitcoin e, assim como registros históricos tradicionais, precisam ser preservados. Finney nos deixou em presença física, mas seus escritos devem ser legados ao futuro.

Leia também: Grupo de entusiastas do Bitcoin promove homenagem a Hal Finney

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *