Travala.com agora aceita dólar Gemini como pagamento

Em uma publicação em seu blog, a Travala.com, principal serviço de reserva de hotéis que suporta criptomoedas no mundo, anunciou que agora está aceitando o dólar de Gemini (GUSD) como forma de pagamento. Trata-se da primeira stablecoin importante a ser suportada pela plataforma. O GUSD se juntará a um conjunto formado pelos maiores ativos digitais do mercado, como Bitcoin, Ethereum, XRP, Litecoin e Bitcoin Cash. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 11 de dezembro.

O que dizem os parceiros

A Travala afirma na publicação que agora seus clientes podem usar 21 criptomoedas diferentes para pagar pelas reservas de acomodações no site. O CEO e fundador da Travala.com Matthew Luczynski destacou:

“Estamos honrados em anunciar esta colaboração com a Gemini e em fazer com que o GUSD se torne nossa primeira grande stablecoin. Juntamente com Gemini, impulsionarmos mais adoção de criptomoedas.”

O diretor de estratégia da Gemini Michael Breu compartilhou do mesmo mesmo sentimento de Luczynski e exaltou a parceria:

“Estamos entusiasmados com o fato da Travala.com ter adicionado o dólar Gemini como uma opção de pagamento em sua plataforma. O dólar Gemini permite que os usuários globais da Travala paguem em uma criptomoeda que é apoiada pela estabilidade de preços e credibilidade do dólar dos EUA.”

A parceria promete impulsionar ainda mais o GUSD mundialmente, uma vez que recorre tanto aos usuários de criptomoedas quanto aos viajantes diários.

A Gemini e seu dólar

A Gemini é uma empresa de custódia e exchange de criptomoedas com sede nos Estados Unidos, regulamentada pelo Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York como uma empresa de confiança de propósito limitado. 

O dólar Gemini é a oferta de stablecoin apoiada em dólar dos gêmeos Winklevoss. Baseado no Ethereum, o Gemini se autodenomina a primeira stablecoin regulamentada do mundo e ganhou fama ao trabalhar de perto com os reguladores dos EUA. Atualmente, o dólar Gemini tem um valor de mercado de cerca de US$9,8 milhões.

Leia também: Booking.com faz parceria para viabilizar pagamentos de hospedagens com criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil