Tencent, Alrosa e Everledger usam blockchain em comércio eletrônico de diamantes

A maior produtora mundial de diamantes Alrosa está desenvolvendo um projeto junto à gigante chinesa Tencent e à empresa independente de tecnologia Everledger para viabilizar a compra de diamantes usando a tecnologia blockchain. Trata-se de uma nova solução de comércio eletrônico de um mini programa de varejo do WeChat, da Tencent, que promete entregar total transparência sobre origem, características e histórico de propriedade dos diamantes. O anúncio da parceria foi feito em um comunicado à imprensa publicado nesta semana.

Blockchain para rastrear diamantes

De acordo com a declaração conjunta, o piloto do mini programa WeChat exibirá diamantes da Alrosa, permitindo total rastreabilidade da mina ao consumidor. As empresas afirma que os fabricantes e varejistas de joias chineses poderão aumentar a confiança e segurança em sua marca. Isso porque tudo estará registrado em blockchain.

O comunicado diz que os consumidores poderão usar seus smartphones para verificarem a procedência completa de um diamante, bem como as informações exclusivas sobre o certificado. Além disso, afirma que ao usar o WeChat Pay, os clientes irão atestar sua propriedade através da plataforma blockchain Everledger. 

O que dizem os parceiros

A Alrosa, por sua vez, se comprometeu a fornecer informações completas sobre a mineração e extração de diamantes na Rússia, garantindo aos usuários confiabilidade, sustentabilidade e “pegada ética” de suas compras.

“O compromisso da Alrosa com a mineração focada na comunidade e ambientalmente amigável tem muitos em comum com a missão pioneira da Everledger de melhorar a sustentabilidade em todas as cadeias de valor”, diz a declaração.

O chefe de diamantes da Alrosa Pavel Vinikhin destacou que a empresa está satisfeita em apoiar o mini programa WeChat com a Everledger por que isso reforça a busca da Alrosa para garantir a origem de seus produtos:

“Acreditamos que essa colaboração com a plataforma de mídia social mais popular da China nos ajudará a fortalecer ainda mais nossas vendas lá”, completou Vinikhin

Já o chefe da Everledger na Europa Evgeny Gokhberg afirmou que esta é uma iniciativa inovadora com os “titãs” das indústrias de diamante e Internet.

“Temos o prazer de fazer parceria com a ALROSA, pois compartilhamos o mesmo objetivo de proporcionar mais transparência ao mercado. Ao fornecer 100% de certeza da origem e da jornada de um diamante para o consumidor, em uma plataforma online fácil de experimentar, como o WeChat, estamos confiantes de que essa inovação estabelecerá um novo padrão no que diz respeito à rastreabilidade e práticas comerciais responsáveis”, comemorou Gokhberg.

A animação de Gokhberg foi compartilhada pelo CEO da Everledger Leanne Kemp que ressaltou:

“Essa colaboração pioneira é exatamente o motivo pelo qual lançamos a Everledger (…) Nossas soluções blockchain e IoT permitirão às principais partes interessadas na indústria de jóias trazer informações seguras e respeitáveis ​​para os consumidores na China e além.”

Leia também: Carrefour Brasil anuncia rastreamento de laranjas com blockchain

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *