Telegram diz que TON Wallet não integrará seu aplicativo de mensagens no lançamento

O aplicativo de carteira digital oficial do Telegram, a Telegram Open Network (TON) Wallet, não será integrado, no momento de seu lançamento, ao aplicativo de mensagens da rede. Foi o que anunciou a empresa nesta segunda-feira, 06 de janeiro, em um comunicado publicado no site oficial do Telegram. 

De acordo com a publicação, a TON Wallet, carteira usada para armazenar tokens Gram nativos da blockchain TON, será um serviço independente do Telegram Messenger. A empresa declarou:

“No momento do lançamento antecipado da Blockchain TON, o aplicativo TON Wallet do Telegram deverá estar disponível apenas de forma independente e não será integrado ao serviço Telegram Messenger. Nesse sentido, espera-se que a TON Wallet possa competir com outros aplicativos de carteira projetados e oferecidos por terceiros. O Telegram pode integrar o aplicativo TON Wallet ao serviço Telegram Messenger no futuro, na extensão permitida pelas leis e autoridades governamentais aplicáveis.​​”

A empresa explica que o Telegram não controlará a TON sobre quaisquer direitos exclusivos no lançamento da carteira. Além disso, afirma que o código para a blockchain será sempre aberto e visível aos usuários. 

Plataforma descentralizada

Sobre o desenvolvimento de aplicativos ou recursos para a blockchain TON, a empresa espera que a comunidade descentralizada de desenvolvedores terceirizados e outros contribua para o ecossistema através do desenvolvimento de aplicativos e contratos inteligentes. E completa:

O Telegram e suas afiliadas não fizeram promessas ou compromissos para desenvolver aplicativos ou recursos para o TON Blockchain ou contribuir de alguma forma para a plataforma TON Blockchain após o lançamento. De fato, é possível que o Telegram nunca faça isso.”

Embate com a SEC

O anúncio foi divulgado logo após a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) ter dito que o Telegram se recusou a compartilhar detalhes financeiros relacionados aos fundos arrecadados com a venda de seu token, um total de US$1,7 bilhão. 

A SEC solicitou ao Telegram que fornecesse documentos, incluindo o valor gasto pelo Telegram no desenvolvimento da blockchain TON.

Leia também: Telegram se recusa a compartilhar informações sobre US$1,7 bilhões arrecadados em ICO

Forex Crypto News: Cripto Facil