Supremacia quântica do Google e a influência nas criptomoedas

A ameaça da computação quântica paira sobre a criptografia clássica e principal pilar da segurança por trás da maioria das redes de blockchain atuais. O gigante das buscas Google afirmou recentemente que atingiu um marco fundamental na computação quântica, o que poderia trazer sérias implicações para as criptomoedas.

Em uma nova publicação científica, o gigante da tecnologia Google afirma ter alcançado a “supremacia quântica” com um computador quântico de 53 qubit. Essa definição significa que a máquina resolveu um problema que nenhum computador clássico poderia resolver dentro de um prazo razoável. As implicações disso podem estar chegando longe, até mesmo a NASA removeu o artigo que havia publicado.

Segundo relatos, o novo processador quântico levou apenas 200 segundos para concluir uma tarefa que normalmente levaria milhares de anos para um supercomputador comum. Pesquisadores do Google escreveram:

“Perante nosso conhecimento, esse experimento marca o primeiro cálculo realizado em um processador quântico.”

Em teoria, isso significa que o computador pode quebrar a criptografia de 53 bits em segundos.

Atualmente, a criptografia do Bitcoin é de 256 bits (SHA-256), sendo necessário o dobro de operações para descriptografar o ECDSA (Elliptical Curve Digital Signature Algorithm), algoritmo usado pelo Bitcoin para garantir que os fundos possam ser gastos apenas por seus legítimos proprietários. Ainda vai demorar um pouco até que qualquer computador, quântico ou não, possa resolver isso, mas os cientistas da empresa de pesquisa estimam que isso pode ser possível nos próximos anos.

O relatório acrescentou que o número de Qubits, a unidade básica de informação quântica em um sistema mecânico quântico de dois estados, poderia pelo menos dobrar a cada ano. Isso ultrapassaria a Lei de Moore e daria à empresa um computador capaz de violar a criptografia militar até 2024.

Um aumento no SHA-512 ou algoritmos de criptografia mais fortes impediria o Google de “quebrar as criptomoedas” na próxima década, no entanto, a tecnologia dos criptoativos precisa essencialmente evoluir para manter sua segurança.

No entanto, uma noção mais preocupante é o poder crescente que a empresa possui. O Google já domina o fluxo de dados em todo o planeta e praticamente determina o que aparece ou não nas notícias . É o grande superintendente da internet e opera com total impunidade.

A empresa possuía a famosa frase “Não seja Perverso!”(Don’t be evil!) em seu código de conduta e, desde que se tornou Alphabet, substituiu a frase por “Faça a coisa certa: (Do the right thing). No entanto, hoje, mais poderosa do que a maioria dos governos e com a tecnologia de computação quântica na ponta dos dedos, nenhum dado do planeta estará seguro. Certamente, “a coisa certa” está sob sigilo.

Leia também: Repórter afirma que NSA pode desenvolver criptomoeda resistente à computação quântica

Forex Crypto News: Cripto Facil