Senado dos EUA aprova novo pacote de ajuda financeira contra o coronavírus

Senado dos EUA aprova novo pacote de ajuda financeira contra o coronavírus

Um mês após a redução de juros a zero e a aprovação da lei de estímulo maciço de US$2 trilhões (R$10 trilhões), o Senado dos Estados Unidos aprovou mais um pacote de ajuda suplementar para combater a pandemia de Covid-19.

O pacote, que foi objeto de negociações frenéticas nas últimas duas semanas, destina US$484 bilhões (R$2.5 trilhões) para ajudar pequenas empresas e hospitais a passar por momentos difíceis. Desse valor, US$380 bilhões (R$2 trilhões) serão alocados em programas de empréstimos para pequenas empresas, US$75 bilhões (R$397 bilhões) em fundos de emergência para hospitais e US$25 bilhões (R$125 bilhões) para testes de detecção da doença.

A lei que estipula o novo pacote será enviada à Câmara dos Representantes no final desta semana, onde espera receber apoio tanto de Democratas quanto de Republicanos. O presidente Donald Trump já indicou que assinará a lei.

Semanas de negociações

Democratas e Republicanos negociaram por duas semanas antes de chegar a um acordo sobre o tamanho do pacote e as áreas visadas. Os republicanos queriam manter a legislação focada em US$250 bilhões (R$1.5 trilhão) em empréstimos para pequenas empresas, enquanto os democratas buscavam um pacote mais amplo que incluísse fundos consideráveis ​​para hospitais.

Uma prioridade para os democratas era separar US$60 bilhões (R$300 bilhões) de um total de US$321 bilhões (R$1.7 trilhão) alocados ao Programa de Proteção de Cheques, para ajudar as pequenas empresas sub-bancadas que tinham dificuldade em acessar fundos na primeira rodada de empréstimos.

Após 12 dias de negociações, os democratas tiveram que desistir da inclusão de US$ 150 bilhões (R$750 bilhões) a mais por estados e governos locais diante da oposição republicana, mas conseguiram mais dinheiro para hospitais e testes.

O líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, elogiou o acordo. “O povo americano está contando com o Congresso para deixar de lado o partidarismo reflexivo e trabalhar em todo o corredor para ajudar nossa nação a superar essa pandemia”. Os Republicanos controlam o Senado, enquanto os Democratas detêm a maioria na Câmara.

Dólar digital e mortes

Recentemente, o CriptoFácil relatou que o Senado também aprovou um projeto de lei que estipula a criação de um “dólar digital”. A medida visa facilitar o pagamento de auxílios a cidadãos norte-americanos durante a pandemia.

Até o momento da produção deste texto, foram registradas quase 1.500 mortes por Covid-19 nos EUA apenas na segunda-feira, 20 de abril, elevando o número total de mortes no país para quase 44 mil. Até agora, mais de 816 mil casos foram confirmados, segundo dados da Universidade John Hopkins.

Leia também: Crise do coronavírus faz Bitcoin ser considerado um ativo refúgio

Leia também: ConsenSys realiza nova onda de demissões durante o coronavírus

Leia também: BID lançará aplicativo baseado em blockchain para monitorar coronavírus na América Latina

Forex Crypto News: Cripto Facil