Ripple afirma que mais de 350 instituições financeiras usam sua rede

Ripple afirma que mais de 350 instituições financeiras usam sua rede

A Ripple afirmou que mais de 350 instituições financeiras já estão usando a RippleNet. As declarações foram feitas por Navin Gupta, diretor administrativo da Ripple no sul da Ásia, Oriente Médio e norte da África.

Gupta relatou o número durante uma entrevista ao escritório de advocacia internacional Nishith Desai Associates.

“A Ripple possui cerca de 350 instituições financeiras que usam sua tecnologia todos os dias”.

Coronavírus

Segundo Gupta, apesar do impacto econômico da pandemia global de Covid-19, a Ripple continuou crescendo. Assim, até mesmo no uso do seu token nativo, o XRP, entre instituições houve crescimento.

Desta forma, segundo Gupta, aproximadamente 13 de seus clientes estão usando a criptomoeda XRP para fornecer remessas internacionais.

Crescimento

Os números mostram o crescimento da Ripple. Em novembro do ano passado, a Ripple anunciou que tinha cerca de 300 clientes usando seus sistemas de pagamento para mover dinheiro através das fronteiras. Já em 2018, a empresa revelou que quase 200 instituições financeiras aderiram à RippleNet.

Por outro lado, a meta estabelecida pela Ripple para ser alcançada até o final de 2020 é atingir uma base de clientes de 400.

Presença forte no Brasil

Além disso, em 2020 a empresa também pretende expandir suas parcerias no Brasil.

“Com os sucessivos avanços na regulação bancária brasileira para facilitar transações financeiras, inclusive internacionais, as oportunidades aqui vão crescer bastante nos próximos anos”, disse o diretor-geral da Ripple no Brasil, Luiz Antonio Sacco.

No Brasil, o primeiro banco a usar a tecnologia da Ripple para remessas internacionais foi o Santander Brasil.

Em seguida, dois meses depois, a fintech de origem britânica Transferwise desembarcou no país, que rapidamente se tornou um de seus cinco principais mercados globais.

Quem também usa o sistema da Ripple no Brasil é o Banco Itaú e o Bradesco.

Segundo a Ripple, o Brasil já representa cerca de 30% do volume total de transações de remessas feitas por meio de sua plataforma, que está presente em mais de 45 países.

Leia também: Wester Union planeja comprar a MoneyGram, parceira da Ripple

Leia também: Grayscale explica porque comprou mais de R$ 20 bilhões em Bitcoin

Leia também: Fundação Ripple planeja lançar empréstimo de capital de giro para usuários

Forex Crypto News: Cripto Facil