Razões pelas quais o preço do Bitcoin pode disparar no primeiro trimestre de 2020

O preço do Bitcoin em 1º de janeiro de 2020 sofreu uma ligeira queda de 0,70% em relação ao dólar norte-americano em uma escala diária. A criptomoeda subiu acima de US$7.500 em 23 de dezembro antes de sucumbir à pressão negativa logo depois, conforme relatado pelo site ZyCrypto.

Apesar de muitos esperarem um comício do Papai Noel, o Bitcoin não fez nenhum terreno sólido desde o Natal. No primeiro dia de 2020, vimos o Bitcoin continuar sua consolidação, pois permaneceu sob o domínio dos “ursos”. O preço do Bitcoin poderia se recuperar no primeiro trimestre de 2020? Certamente parece possível, especialmente tendo em mente dois catalisadores significativos.

Dois fatores convergem para confirmar a perspectiva otimista para o preço do Bitcoin no primeiro trimestre de 2020:

  • Fundamentos macroeconômicos
  • Halving

Fundamentos macroeconômicos

As questões macroeconomicas devem crescer, principalmente no primeiro trimestre, o que pode fazer o preço Bitcoin subir. Um dos assuntos que pode ajudar nisso é o pacto comercial entre China e Estados Unidos, em que será assinado a primeira parte de um acordo no dia 15 de janeiro, conforme o presidente Donald Trump afirmou em seu twitter.

 

“Assinarei nosso muito grande e abrangente acordo comercial da Fase 1 com a China em 15 de janeiro. A cerimônia será realizada na Casa Branca. Representantes de alto nível da China estarão presentes. Mais tarde, irei a Pequim, onde as negociações começarão na Fase Dois!”

Historicamente, uma diminuição do conflito comercial levou os investidores a ações, pois eles não têm mais um apetite por ativos em refúgios. Com a escalada da guerra comercial entre os EUA e a China em maio do ano passado, o Bitcoin obteve ganhos significativos, uma vez que muitos investidores estavam se protegendo contra as tensões comerciais. Agora, com a assinatura da primeira fase do acordo comercial em janeiro, o pode Bitcoin cair para menos de US$7.00o.

Mas uma correção no início de 2020 não é necessariamente algo para se preocupar. De fato, alguns analistas preveem que uma queda abaixo de US$7.000 abriria o caminho para mais acúmulos antes de estourar em um comício impressionante.

Halving

Embora o Bitcoin tenha terminado 2019 sem problemas, a maioria dos observadores de criptomoedas acredita que o ativo digital terá um 2020 mais forte, graças ao aguardado halving. O Bitcoin poderia se recuperar para US$9.000 no primeiro trimestre, à medida em que os traders adquirissem BTC com a expectativa de que eles venderiam a preços substancialmente mais altos depois do halving.

À medida em que o Bitcoin torna-se mais escasso, há uma grande chance dele decolar após o evento. Como tal, o Bitcoin poderia facilmente registrar uma nova alta histórica em 2020.

Leia também: Especialista aponta que a valorização do Bitcoin após o halving não deve ser esperada

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *