R$14 bilhões em transações com criptomoedas são declarados à Receita Federal

Desde 01 de agosto, exchanges e pessoas físicas que operam criptomoedas são obrigadas a declararem suas operações à Receita Federal devido o efeito da Instrução Normativa 1888. Neste final de semana, foram divulgados os valores declarados por meio da nova norma.

De acordo com o G1, cerca de R$14 bilhões em transações foram comunicados para o órgão fiscal. O número é bastante significativo, pois equivale a aproximadamente o volume diário de negociações na B3, a bolsa de valores brasileira – que ficou em pouco mais de R$14 bilhões no último pregão (29/11).

De acordo com os dados da Receita, no mês de agosto, primeiro mês em que a regra esteve em vigor, foram comunicadas 1,5 milhão de operações que movimentaram um total de R$4,483 bilhões. Os objetivos das movimentações envolveram desde compras e vendas até doações e transferências com criptoativos. O número de operações informadas caiu em setembro (989,9 mil), porém o valor dobrou: foram R$9,488 bilhões registrados. No total do bimestre, as operações com criptomoedas somam R$13,971 bilhões.

De acordo com a IN 1888, são obrigadas a fazer a declaração todas as pessoas físicas ou jurídicas (inclusive exchanges), domiciliadas no Brasil e que movimentem acima de R$30 mil ao longo do mês. Na época de sua implementação, o objetivo declarado pela Receita foi de impedir a sonegação fiscal e crimes como lavagem de dinheiro, mas nenhum processo de investigação foi aberto até agora.

Grande potencial de mercado

Embora o grande volume declarado possa surpreender muitas pessoas de fora do setor, o diretor-executivo da Associação Brasileira de Criptoeconomia (Abcripto) Safiri Felix disse ao G1 que o volume de transações com criptomoedas informado pela Receita não surpreende.

De acordo com dados repassados pela própria Abcripto, as transações com criptoativos atingem, no Brasil, cerca de US$3 milhões por dia, o que equivale a cerca de R$12,7 milhões conforme a cotação atual do dólar. Dados da própria Receita colocam esse número em patamares ainda mais altos, com R$300 milhões em negociações apenas no mês de setembro.

Leia também: Confira um resumo das maiores dúvidas e respostas sobre a Instrução Normativa 1888

Forex Crypto News: Cripto Facil