Qual o papel dos nós da blockchain?

A blockchain do Bitcoin é frequentemente apontada como uma das formas mais revolucionárias de tecnologia descentralizada que o mundo já experienciou. E, para ser descentralizada de fato, ela precisa de uma rede global distribuída de computadores ou nós (nodes) conectados. Mas, afinal, o que são nodes?

De modo geral, um node (nó) é um computador conectado à uma rede. No contexto da Internet e de sua casa por exemplo, seu telefone é um nó, seu notebook é um nó, seu roteador é um nó e assim por diante.

Os nós podem assumir vários perfis, tamanhos e formas. Cada um deles desempenha um papel diferente – mas vital – no funcionamento de uma rede, ou da sua casa, conforme exemplo descrito acima.

No caso da blockchain do Bitcoin, existem quatro tipos principais de nós: nós completos (full nodes), super nós (master nodes), nós leves (light nodes) e nós de mineração (mining nodes). Full nodes, master nodes e light nodes executam funções semelhantes, enquanto mining nodes executam uma função completamente diferente. Entenda a função de cada um deles:

Nós de mineração

Pense nos nós de mineração (mining nodes) simplesmente como os nós que produzem os blocos para a blockchain.

São os nós de mineração que confirmam os blocos que devem ser colocados nessa “lista”, em um processo conhecido como “mineração”. Quando as pessoas falam sobre a rede do Bitcoin, particularmente no contexto de seu consumo de energia, geralmente estão referindo-se à rede de mineradores e máquinas ASIC (dispositivos específicos para praticar a atividade de mineração de criptoativos).

Os nós de mineração não são realmente responsáveis pela manutenção da blockchain, eles são responsáveis apenas pela criação de blocos a serem adicionados à ela. Após a criação desses blocos, eles são enviados pela rede para os full nodes, que por sua vez, os validam e os adicionam à blockchain.

Nós completos e super nós

Como o próprio nome sugere, os nós completos (full nodes) são responsáveis ​​por manter e distribuir cópias de todo o registro da blockchain. Como tal, eles desempenham um papel vital na rede, pois são o ponto principal para validar o histórico da blockchain.

O nó completo é capaz de validar transações desde o bloco gênese, o primeiro bloco minerado na blockchain do Bitcoin. Alguns estimam que existem mais de 10.000 full nodes operacionais na rede do Bitcoin.

Esses nós propagam a blockchain para todos os outros nós da rede para garantir a manutenção confiável da blockchain. Quanto mais nós, mais descentralizada a rede, e mais difícil é de invadi-la.

Dependendo do número de conexões de entrada e saída de um full node, ele também pode ser chamado de super nó (super node).

Os super nós geralmente operam 24 horas para ajudar a conectar outros full nodes e espalhar a blockchain por toda a rede. Eles servem como retransmissão de informações ou redistribuição para garantir que todos tenham a cópia correta da blockchain.

Nós leves

Os nós leves (ou light nodes) executam uma função semelhante a dos nós completos, mas, em vez de manter uma cópia inteira da blockchain, eles mantêm apenas uma parte dela.

Light nodes apenas baixam o cabeçalho do bloco de transações anteriores, para confirmar a validade da blockchain e passar essas informações para outros nós. O cabeçalho do bloco é um resumo de um determinado bloco, inclui informações sobre o bloco anterior, por exemplo qual o hash, a hora em que foi extraído e um número de identificação exclusivo.

De um modo geral, os nós leves conectam-se a um nó pai, geralmente um nó completo; que mantém uma cópia completa da blockchain. Como nós leves processam menos blockchain e não ajudam a propagar grandes volumes de dados pela rede, eles não precisam ser tão poderosos e são muito mais baratos de possuir e manter do que os nós completos ou super nós.

Dito isto, se um nó completo for hackeado e reter uma cópia incorreta da blockchain, os nós leves podem servir para descartá-lo como falso e confirmar para o nó completo a blockchain correto que ele deve manter. Pense em um grupo de light nodes como um grupo de amigos solidários que ajudam a manter um full node em linha reta e estreita.

O uso de light nodes ajuda a descentralizar ainda mais a rede blockchain e a espalhar o livro razão por uma distância maior por um custo menor em comparação aos nós completos.

Validação não é o mesmo que consenso

Os nodes (nós) validam a blockchain seguindo várias regras. Quando a rede inteira segue essas regras, todos os nós devem ajudar a produzir a mesma blockchain. Deve-se notar que a validação realmente ocorre antes da mineração de um bloco e que validação não é o mesmo que consenso. O consenso é alcançado quando os nós de mineração concordam com a ordem das transações, não sobre quais transações são válidas.

Leia também: O que é e como funciona a mineração do Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil