Possível carteira do criador do Bitcoin acaba de mover 50 BTC

Possível carteira do criador do Bitcoin acaba de mover 50 BTC

Mais de um endereço de carteira é vinculado ao criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto. O mais famoso é o 1A1zP1eP5QGefi2DMPTfTL5SLmv7DivfNa, que recebe doações frequentes de estranhos.

Contudo, uma carteira que recebeu uma recompensa de 50 BTC por minerar um bloco em 09 de fevereiro de 2009 acaba de mover seus fundos. A quantia, obtida um mês após a mineração do bloco gênese, foi dividida em duas transações nesta quarta-feira (20 de maio).

Consequentemente, a comunidade de criptoativos começou a se perguntar se Satoshi está de volta.

Satoshi voltou?

A carteira 17XiVVooLcdCUCMf9s4t4jTExacxwFS5uh transferiu os Bitcoins quase 7 da manhã desta quarta, horário de Brasília. O montante foi dividido em duas transações.

Uma das transações moveu 40 BTC para uma carteira nova, sendo sua primeira transação. Os outros 9,99968592 BTC foram movidos para outra carteira, também virgem, e já foram retirados. Os primeiros 40 BTC ainda estão na carteira de destino.

É possível ver as transações iniciais na imagem abaixo:

Tendo em vista que a carteira com 50 BTC possuía apenas uma transação e nunca operou desde 2009, a comunidade dos criptoativos começou a especular.

Comunidade inicia questionamentos

No Twitter, talvez a rede social mais movimentada por entusiastas de criptomoedas, usuários iniciaram as teorias.

Diversas perguntas começaram a surgir na superfície com a hashtag #satoshi. SpiryBTC, usuário com mais de 5 mil seguidores, deixou a pergunta no ar:

“Satoshi decidiu vender?! :)”

Outro usuário, impressionado, levantou a mesma hipótese:

“Wow! Bitcoin minerado em 10 de fevereiro de 2009 no bloco 3.654 foi gasto hoje. Seria Satoshi?”

Até mesmo o perfil Whale Alert, conhecido por noticiar movimentações de “baleias” de criptoativos, alertou sobre a transação:

“40 BTC transferidos de uma possível carteira de Satoshi (dormente desde 2009) para uma carteira desconhecida.

As moedas desta transação foram mineradas no primeiro mês de existência do Bitcoin.”

O analista e jornalista Joseph Young, contudo, não parece preocupado com a identidade. Focando no motivo, Young indagou:

“50 BTC de fevereiro de 2009 estão sendo movidos.

Isso é apenas um mês após o primeiro bloco de Bitcoin ser minerado. Não existem muitas pessoas que podem fazer isso, talvez associados de Satoshi.

Minha pergunta é por que, e não quem, 50 BTC estão sendo movimentados pela primeira vez em mais de 10 anos.”

Até mesmo a Binance tomou ciência da movimentação, embora não tenha especulado sobre se tratar ou não Satoshi. A exchange apenas publicou:

“Bitcoin Vintage.”

Por fim, o trader e investidor anjo Whale Panda tentou acalmar os ânimos:

“Só pra constar: esse não é um endereço conhecido do Satoshi ou algo do tipo. Existiam diversos mineradores, mesmo naquela época.”

Leia também: Autor de “Pai Rico, Pai Pobre” afirma que Bitcoin passará dos R$ 400.000 em 3 anos

Leia também: Hash rate do Bitcoin não é afetado pelo halving

Leia também: Tezos valoriza quase 5% enquanto Bitcoin segue preso nos R$ 56.000

Forex Crypto News: Cripto Facil