Plataforma promete facilitar o uso de Stablecoins Brasileiras

Sem dúvida alguma o ano de 2019 foi o ano das Stablecoins no Brasil. Ao menos 5 diferentes moedas, com o propósito de manterem seu valor estável com o Real brasileiro, foram criadas: CryptoBRL, RealT, Flexys, BRZ e RAS (e provavelmente outras).

No entanto, nenhuma ainda conquistou seu espaço no dia-a-dia dos usuários. Algumas talvez por serem recém lançadas, como a CryptoBRL que entrou no ar essa semana, outras talvez por enfrentarem problemas de adoção pelas exchanges e principalmente a falta de liquidez.

É nesse ponto que entra uma proposta muito interessante da plataforma BitPreço. Eles criaram um mecanismo, que chamaram de StableHub, e que permite aos usuários trocarem de forma transparente seus Reais por várias Stablecoins brasileiras, ou vice-versa.

Resumidamente, com esse mecanismo você pode enviar Stablecoins para sua conta na BitPreço e elas serão imediatamente convertidas para Reais, sem nenhuma cobrança de taxa.

“Isso resolverá o problema de liquidez dessas stables, que muitas vezes obrigava aos usuários venderem suas moedas por valores menores que R$1,00”, adiciona André Hamada, COO da BitPreço.

Da mesma forma o usuário poderá sacar seus Reais, enviando para outras pessoas ou exchanges, usando o mesmo fluxo que usaria para sacar valores para uma conta bancária. Isso com a vantagem de taxas menores, maior velocidade e funcionamento 24 horas por dia, que é algo que os TEDs bancários não suportam.

Yuri Fernandes, diretor da CryptoBRL que é uma das moedas aceitas na BitPreço, comenta que estão muito otimistas com esse mecanismo e com a parceria especial que fecharam. “Devido nossa parceria, o usuário poderá sacar CryptoBRL com TAXA ZERO, pagando apenas R$1,00 de mineração. E, nas próximas semanas, estaremos expandindo a aceitação da cBRL para permitir saques diretos para um cartão VISA e também para outras exchanges parceiras.” Por fim, Yuri complementa que a stablecoin de sua empresa tem um mecanismo inovador de auditoria distribuída, que dará muita credibilidade aos seus usuários ao garantir a existência dos fundos destinados à recompra da moeda.

Além da CryptoBRL, outras duas stablecoins já estão integradas na plataforma. São elas o RealT, uma das primeiras stables lançadas no mercado e a BRZ, do grupo Transfero Swiss, que também é uma das pioneiras.

Vale lembrar que esse “StableHub” é apenas mais uma funcionalidade da startup chamada BitPreço. Na verdade seu principal produto é um sistema que permite a compra e venda de Bitcoins em diferentes exchanges conectadas, escolhendo automaticamente o melhor preço para a negociação, além de descontos que conseguem em parcerias com as exchanges. A Startup tem feito muito sucesso e fica a dica para conhecerem: https://bitpreco.com

Atenção: este artigo tem a funcionalidade exclusivamente informativa, não constitui aconselhamento de investimento ou uma oferta para investir. O CriptoFácil não é responsável por qualquer conteúdo, produtos ou serviços mencionados neste artigo.

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *