Pesquisa aponta que menos de 20% dos Bitcoins são utilizados para trading

Pesquisa aponta que menos de 20% dos Bitcoins são utilizados para trading

Embora o trading seja uma das atividades mais conhecidas do mercado de criptoativos, ela não movimenta a maior quantidade de Bitcoins. Um relatório da Chainalysis mostra que apenas 3,5 milhões de Bitcoins são usados ​​para negociação.

Essa quantia representa 19% do total de Bitcoins em circulação atualmente. A Chainalysis aponta que haviam 18,6 milhões de Bitcoins extraídos em junho de 2020. A maior parte deles está sendo mantida como investimento de longo prazo.

Além disso, aproximadamente 60% da oferta atual de Bitcoins é mantida por pessoas que nunca venderam mais de 25% das moedas que já receberam. A empresa classificou esse suprimento como “mantido para investimento a longo prazo”.

Outros 20% da oferta atual de Bitcoin não são movidos em cinco anos ou mais, o que Chainalysis chama de “Bitcoin perdido”. A fração restante (3,5 milhões é usada para negociação, principalmente entre as bolsas). Esse valor abastece o mercado e ajuda a determinar o preço do Bitcoin, disse Chainalysis.

Por fim, restam 2,4 milhões de Bitcoins para serem minerados.

Bitcoin

Bitcoins presos podem ser fonte de liquidez futura

O relatório sugeriu que esses Bitcoin mantido para investimentos de longo prazo podem ser úteis no futuro. À medida que o Bitcoin torna-se mais escasso, ele acaba sendo uma importante fonte de liquidez no mercado.

Ao longo de 2020, cerca de 340.000 pessoas eram traders ativos de Bitcoin. “Traders ativos”, segundo o relatório, são pessoas que negociam semanalmente. A Chainalysis colocou esses traders em duas categorias: varejo e profissional. Ele classificou os traders de varejo como aqueles que depositam Bitcoin no valor de menos de US$ 10 mil (R$ 53 mil) por vez.

As transferências de varejo respondem por 96% das transferências enviadas para exchanges, segundo o relatório. Os traders profissionais, por outro lado, foram responsáveis ​​por muito menos transferências semanais em 2020, apesar de desempenhar um papel maior no controle da liquidez do mercado.

A quantidade de Bitcoins “imóveis” no mercado aumentou mais de 10% desde janeiro. Na ocasião, haviam 10 milhões de moedas que não eram movimentadas há mais de um ano.

Leia também: Período atual é excelente para comprar Bitcoin, revela análise

Leia também: Hacker revela como invadiu carteira de Bitcoin de figura famosa

Leia também: Confira os 5 criptoativos que mais se valorizaram na semana

Forex Crypto News: Cripto Facil