Novo mapa interativo mostra mineração de Bitcoin em todo o mundo

Novo mapa interativo mostra mineração de Bitcoin em todo o mundo

Agora é possível assistir o Bitcoin sendo minerado em todo o mundo, graças a uma iniciativa do Centro de Finanças Alternativas de Cambridge (CCAF).

O instituto de pesquisa da escola de negócios da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, anunciou nesta quarta-feira, dia 6 de maio, em sua conta no Twitter, o lançamento de seu mapa interativo que mostra a distribuição mensal média da taxa de hash do Bitcoin por diferentes países.

“O Mapa de mineração de Bitcoin visualiza a distribuição geográfica aproximada do hash rate global de Bitcoin. A participação média do hash rate por país está disponível para exibição em intervalos mensais a partir de setembro de 2019”, informa o instituto de pesquisa.

“É a primeira vez que esses dados são disponibilizados e exibidos graficamente. Proporciona maior transparência e imagem fiável da indústria de criptomoedas para para investidores, formuladores de políticas, tomadores de decisão, pesquisadores acadêmicos e público em geral”, disse a agência.

Como esperado, é possível visualizar no mapa que a maior parte da atividade de mineração de Bitcoin está concentrada na China que compreende mais de 65% da taxa global de hash do BTC.

Em segundo lugar estão os Estados Unidos, com 7,24% da taxa hash global e, em seguida, vem a Rússia, com 6,90% e o Cazaquistão com 6,17%. A Malásia (4,33%) e o Irã (3,82%) estão em 5º e 6º, respectivamente. As contribuições dos outros países do mundo para a mineração de Bitcoin são inferiores a 1%.

Os pesquisadores observaram que o mapa é baseado nos dados de localização geográfica (endereços IP) de hashers conectados aos três pools de mineração de Bitcoin, o BTC.com, o Poolin e o ViaBTC que compartilharam os dados para o desenvolvimento do mapa.

Leia também: Lucro com mineração de Bitcoin cresce 8% e supera os R$2 bilhões

Leia também: Irã concede licença de operação para maior empresa de mineração de Bitcoin no país

Leia também: Empresa de mineração compra 1.000 Antminers antes do halving

Forex Crypto News: Cripto Facil