Nike dará cashback em criptomoeda por meio de nova parceria

Nike dará cashback em criptomoeda por meio de nova parceria

Com o objetivo de oferecer aos clientes um cashback em criptomoeda, a Nike anunciou uma parceria com a startup de blockchain sediada em Londres, Plutus.

Com isso, a gigante do setor de esportivos pretende explorar o uso de criptomoeda como forma de recompensa aos clientes.

Assim, devido à parceria com a Plutus, a Nike oferecerá até 3% de cashback em criptomoeda e 9% em recompensa em dinheiro aos clientes que fizerem compras em sua loja online. Além disso, é necessário utilizar nas compras o cartão de bandeira VISA da Plutus.

Por enquanto, apenas compras feitas em libras esterlinas (GBP) ou euros (EUR) participarão do programa de recompensas. Isso porque a fintech só opera nas regiões do Reino Unido e da Europa.

Cashback pago em Criptomoeda

Os clientes aptos a participarem do programa de recompensas da Nike, receberão o cashback em Pluton (PLU), um token nativo da Plutus executado na rede Ethereum.

Além disso, clientes também podem receber mais recompensas através do aplicativo Plutus. Para isso, basta colocar os tokens Pluton no aplicativo da criptomoeda.

Outras gigantes que trabalham com Plutus

Com a parceria, a Nike se junta ao Airbnb e à SkyScanner, duas grandes marcas que trabalham com Plutus.

Segundo o CEO e fundador da Plutus, Danial Daychopan, relacionamento com as duas empresas focadas em viagens precisou sofrer uma pausa devido à pandemia do Coronavírus:

“O Plutus foi aprovado como parceiro afiliado do Airbnb e do Skyscanner no início do ano, no entanto, todos os programas da categoria viagem foram temporariamente interrompidos pela empresa devido a restrições de viagem causadas pelo COVID-19. Ambos os parceiros foram incluídos para oferecer dinheiro de volta aos membros qualificados do Plutus. ”

Blockchain não é novidade para Nike

Não é a primeira vez que a Nike irá atuar em um projeto envolvendo tokens e tecnologia blockchain. Conforme noticiou o CriptoFácil, no final de 2019, a empresa recebeu uma patente para tokenizar calçados na blockchain do Ethereum,  os “Cryptokicks”.

Na ocasião, a Nike afirmou que pretendia gerar identificações exclusivas e criar tokens ERC 721 para alguns produtos. Desta forma, garantindo a autenticidade dos tênis Nike.

Leia também: Corretoras brasileiras de criptomoedas ganham CNAE própria e avançam na regulamentação do setor

Leia também: Criminoso pede R$ 100 mil em criptomoedas para não divulgar suposto vídeo de traição 

Leia também: Banco Central do Brasil anuncia plataforma que pode bloquear criptomoedas judicialmente

Forex Crypto News: Cripto Facil