Mineradores de Bitcoin SV começam a deixar a rede após o halving

Mineradores de Bitcoin SV começam a deixar a rede após o halving

O halving do Bitcoin SV (BSV) foi completado com sucesso nesta sexta-feira, 10 de abril, reduzindo as recompensas por minerar cada bloco para 6,25 BSV. Assim como o Bitcoin Cash, a hash rate (capacidade de mineração) do BSV passou por uma redução após o evento de redução de recompensa para mineradores.

Em menos de 24 horas após o halving, a hash rate do Bitcoin SV já foi reduzida em 14%.

Queda na hash rate

O usuário do Twitter tarnschaf publicou pouco mais de seis horas após o halving sobre a queda na hash rate do Bitcoin SV. Continuando uma postagem na qual ele afirma que voltaria “após o BSV morrer”, ele afirma:

“Ainda não está morto, mas está chegando lá.”

Tarnschaf então compartilha uma imagem exibindo que 21 blocos já haviam sido minerados quase sete horas após o halving, porém, a hash rate está a 0,9%. Segundo o site BitInfocharts, a hash rate do BSV atualmente é de 2,714 exahash por segundo, uma queda de 14,33% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria.

Mesmo com a queda de 6,27% na dificuldade, também apontada pelo BitInfocharts, mineradores parecem pouco motivados em continuar minerando BSV após a queda nas recompensas. O motivo pode ser a queda de lucratividade em relação à mineração do criptoativo, surgido de um hard fork do Bitcoin Cash.

Queda na lucratividade

Ainda segundo o BitInfocharts, a lucratividade atual para minerar Bitcoin é de US$ 0,1264 ao dia para cada 1 THash por segundo, enquanto a lucratividade do BSV é de US$ 0,0721 para cada 1 THash por segundo.

Atualmente, a disparidade de lucratividade é alta, sendo 42% mais lucrativo minerar Bitcoin em vez de Bitcoin SV. O Coin Dance exibe, por meio de um gráfico, a disparidade na lucratividade de mineração de Bitcoin SV.

or meio de um gráfico, a disparidade na lucratividade de mineração de Bitcoin SV.

A saída de mineradores pode fazer com que a dificuldade caia, tornando mais fácil minerar Bitcoin SV. Contudo, para que seja novamente atraente minerar a altcoin, um aumento no seu valor é necessário.

Porém, após o halving, o BSV já declinou 13,02% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria.

Pelo menos não congelou

Contudo, ao menos o Bitcoin SV escapou do que aconteceu com o Bitcoin Cash (BCH) após o seu halving, realizado no dia 08 de abril. A hash rate do BCH declinou consideravelmente, enquanto o halving fez com que a dificuldade para minerar a altcoin aumentasse – congelando sua rede.

Isso fez com que levasse quase duas horas para que o primeiro bloco pós-halving fosse minerado, sem que nem 10% de sua capacidade fossem preenchidos. No momento da escrita desta matéria, a hash rate do BCH sofreu uma queda superior a 50% nas últimas 24 horas. Porém, conforme previu Jimmy Song, a dificuldade também foi acertada – caindo 41,32%.

Embora o halving seja um evento esperado pelo Bitcoin, visto por especialistas como algo capaz de aumentar seu valor a médio prazo, os halvings dos forks da criptomoeda dominante do mercado não parecem nada promissores para suas respectivas redes.

Leia também: Forte queda no hash rate do Bitcoin Cash pós-halving aumenta risco de ataque de 51%

Forex Crypto News: Cripto Facil