Mais de 11.000 Bitcoins estão emitidos na rede Ethereum

Mais de 11.000 Bitcoins estão emitidos na rede Ethereum

O número de tokens de rede Ethereum ancorados no preço do Bitcoin atingiu mais de 11.000 unidades em 27 de junho.

Mais precisamente foram 11.146 tokens Ethereum (ERC-20) ancorado ao preço do Bitcoin, de acordo com dados da btconethereum.

No caso, o token WBTC já possui 8.165 unidades emitidas, representando 73% do total de tokens ancorados em Bitcoin no Ethereum.

WBTC

A liderança do WBTC entre tokens ancorados em Bitcoin pode estar relacionada à sua adição à plataforma MakerDAO. Assim, a comunidade teria decidido adicionar o WBTC como um ativo colateral com a intenção de fornecer “maior liquidez ao protocolo”.

Em segundo lugar, está o renBTC que possui 1.094 tokens emitidos e, em terceiro, o HBTC, com 710 unidades.

No entanto, embora esses tokens sejam apresentados aos usuários como uma maneira de adicionar Bitcoin ao Ethereum, a realidade é um pouco diferente.

A adição do WBTC ao MakerDAO está relacionada a uma estratégia de publicidade na qual eles oferecem Bitcoin através do token.

Porém, ele o token é apenas um marcador de preço, já que não há Bitcoin como “lastro” para cada WBTC emitido.

Parece Bitcoin, mas não é

Por conta disso, embora os tokens levem Bitcoin no nome, é enganador dizer que eles têm qualquer relação com o BTC.

Normalmente, esses tokens do ERC-20 possuem uma entidade que atua como seu custodiante para garantir que o preço da criptomoeda seja igual ao preço do Bitcoin. Ou seja, se a entidade mantiver 1 Bitcoin em uma cadeia, emitirá 1 token no Ethereum.

Porém, na prática, não é bem isso que acontece. Isso porque, na maioria dos casos, não há um BTC para cada token emitido, mas uma cesta de ativos para compor o lastro.

Isso significa que, ao contrário do Bitcoin, os usuários devem confiar necessariamente em seus custodiantes para proteger seu dinheiro.

Vale lembrar que, em maio deste ano, um projeto de emissão de “Bitcoins” no Ethereum, chamado tBTC, foi desativado dois dias após seu lançamento.

Assim, usuários com dinheiro dentro da plataforma tiveram que correr para retirá-lo para que seus fundos estivessem totalmente seguros.

Leia também: Números da Ethereum atingem máximas históricas durante preparação para atualização

Leia também: Contratos inteligentes no Bitcoin entram em fase de testes

Leia também: Ajuste de dificuldade do Bitcoin permanece estável pela primeira vez em 10 anos

Forex Crypto News: Cripto Facil