Maiores momentos de FOMO e FUD do mercado de criptoativos em 2019

A indústria de Bitcoin, blockchain e qualquer uma de suas variedades é impulsionada principalmente por hype e especulação, afinal, as tecnologias emergentes subjacentes a cada criptoativo geralmente são novas, ou não comprovadas, para fornecer uma avaliação realista.

Devido a isso, o fluxo constante de FUD e FOMO frequentemente ditam os movimentos do mercado e transformam grandes perdedores em vencedores quase da noite para o dia. A seguir, confira os maiores momentos de FUD e FOMO vivenciados em 2019, conforme reportagem da agência de notícias News BTC.

FUD é o acrônimo para “fear, uncertainty e doubt”, medo, incerteza e dúvida em português. FOMO é o acrônimo para o “fear of missing out”, ou medo de perder. Os dois fatores fornecem regularmente a pressão de empurrar ou puxar o mercado, fazendo com que os preços dos criptoativos flutuem.

Alguns eventos causam uma ocorrência generalizada de pânico de compra, em que os investidores compram participação em um ativo sem considerar o risco ou a perda potencial, como foi visto no auge do hype das criptomoedas. Outros causam pânico de venda, em que os investidores despejam suas criptomoedas com medo de uma queda devastadora, na qual até 99% do valor de um ativo é eliminado.

Ambos são acontecimentos comuns que ocorrem frequentemente no setor de criptoativos, e aqui estão alguns dos momentos mais impactantes do ano.

China apoia blockchain

O presidente da China Xi Jinping falou em apoio à tecnologia blockchain, dizendo aos cidadãos que seu país precisava permanecer na vanguarda do desenvolvimento do futuro da tecnologia em desenvolvimento. As “baleias” viram isso como uma oportunidade para impulsionar o Bitcoin. O FOMO resultante do apoio da China à blockchain fez com que o Bitcoin estabelecesse um recorde para o terceiro maior ganho em um único dia na jovem história do criptoativo. Nenhum outro momento em 2019 causou FOMO mais extremo e abrupto.

Lançamento da Libra do Facebook

A Libra do Facebook é uma história de FOMO que virou FUD. O ano começou com rumores de que o Facebook estava trabalhando duro para desenvolver uma criptomoeda própria, sob a ordem de Mark Zuckerberg. No entanto, uma vez que a gigante das mídias sociais fez a grande revelação, todo o mundo político voltou-se contra a corporação e temeu o total monopólio da privacidade que um dia poderia ter se obtivesse acesso aos dados de transações de usuários, além de todos os padrões comportamentais que empresa já captura secretamente.

Trump tuíta sobre o Bitcoin

Após a polêmica que a Libra do Facebook provocou, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump tuitou sobre Bitcoin, a Libra do Facebook e criptomoedas como um todo, sugerindo que elas foram usadas ​​para crimes ilícitos. E embora não haja como negar que o líder dos EUA falando sobre criptoativos é importante, não é aconselhável ignorar o tom negativo do que foi dito. De fato, o tuíte de Trump coincidiu quase perfeitamente com o recente rally do Bitcoin.

Binance bloqueia usuários dos EUA

Quando a Binance anunciou que impediria investidores norte-americanos de negociarem usando sua plataforma principal, o medo, a incerteza e a dúvida tomaram conta do mercado de altcoins, causando uma liquidação massiva. Com a regulamentação de criptomoedas tornando-se um tópico quente, e com os líderes do setor fechando sua maior base de clientes sem muita explicação, as coisas realmente ficaram assustadoras. Tudo deu certo, com a empresa lançando sua própria plataforma nos EUA, que cresce a cada dia, mas por um tempo, o mercado certamente ficou assustado e os preços refletiram isso.

Lançamento e “fracasso” da Bakkt

Nenhuma história foi mais divulgada em 2019 do que o lançamento da Bakkt. A plataforma de negociação de Futuros de Bitcoin da controladora da NASDAQ era uma questão foi anunciada pela primeira vez em 2018 e a maioria do mercado esperava que o repentino influxo de investidores institucionais que ela poderia criar fosse suficiente para fazer com que o Bitcoin imediatamente embarcasse em uma nova corrida de alta. No entanto, a Bakkt apresentou um volume pequeno de negociação e no dia em que foi lançada, o Bitcoin caiu quase US$2.000 em um único dia, mostrando que mesmo os maiores momentos de FOMO podem se transformar rapidamente em FUD.

Leia também: Confira os cinco países que mais avançaram na regulação de criptomoedas em 2019

Forex Crypto News: Cripto Facil