Libra aguarda enquanto Facebook lança plataforma de pagamentos alternativos

A maior parte da angústia relacionada à indústria de criptoativos este ano foi instigada por uma empresa. As principais economias do mundo voltaram suas preocupações ao Facebook e aos seus planos de lançar uma criptomoeda própria. A gigante das mídias sociais agora está se esforçando para lançar uma plataforma de pagamentos alternativos, conforme mostra o artigo publicado pela News BTC.

Está claro desde o início: as ambições do Facebook com sua prometida criptomoeda são bastante elevadas, considerando seu histórico assustador. A simples falta de confiança da gigante de mídias sociais foi suficiente para que os reguladores e banqueiros de todo o mundo criticassem seu projeto Libra.

O resultado foi um êxodo em massa de parceiros da Associação Libra, conforme reportado pelo CriptoFácil, incluindo os pesos pesados do setor de pagamentos, os quais a empresa chegou a se apoiar. Desta vez, a Libra não está nos holofotes, pois a gigante das mídias sociais parece ter progredido sobre o lançamento de uma plataforma de pagamentos alternativa.

De acordo com um post no blog da empresa, o Facebook Pay será lançado nesta semana, a começar pelos Estados Unidos. A plataforma pretende fornecer às pessoas uma “experiência de pagamento conveniente, segura e consistente” no Facebook, no Messenger, no Instagram e no WhatsApp.

À primeira vista, o aplicativo Facebook Pay não é diferente do PayPal, do Alipay ou de qualquer um das centenas de aplicativos de pagamento existentes no mercado. Os usuários precisam ativar o aplicativo, quando ele for lançado para as massas, adicionar um método de pagamento que geralmente é um cartão de crédito e usá-lo para enviar ou receber pagamentos em dólares.

Não há criptomoeda ou blockchain envolvida e a empresa incluiu o lembrete de que isso não é a Libra:

“O Facebook Pay é desenvolvido com base na infraestrutura financeira e nas parcerias existentes e é separado da carteira Calibra, que será executada na rede Libra.”

O cônsul geral da Compound Finance Jake Chervinsky observou:

“O Facebook Pay está soando como uma aceitação de que a Libra está morta na água.”

O comunicado à imprensa mencionava as palavras segurança e proteção pelo menos sete vezes, portanto, é claro que eles sabem que essa é uma grande preocupação para os usuários do Facebook. O ponto principal é que, se a plataforma não pode ser confiável em relação aos dados, não pode ser confiável em relação a dinheiro, seja na forma de uma criptomoeda ou qualquer outra plataforma de pagamentos.

Segundo o bilionário e fundador do Facebook Mark Zuckerberg, a Libra não é uma ameaça de qualquer maneira. Em sua opinião, o lançamento da versão digital do yuan proposto pela China causará mais danos às finanças globais e à dominação do dólar.

Leia também: Supostos parceiros do Facebook ainda não injetaram dinheiro na Libra, afirma BBC

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *