LG e Kakao fazem parceria para unir blockchains públicas e privadas

A LG CNS, afiliada de soluções de Tecnologia da Informação da gigante dos eletroeletrônicos LG, e a Ground X, o braço de blockchain da gigante de tecnologia sul-coreana Kakao, se uniram para expandir o uso da tecnologia blockchain. A intenção da parceria é aplicar a tecnologia a diversos mercados através de uma infraestrutura mutuamente compatível. O comunicado foi publicado pelo site de notícias The Korea Herald, nesta quinta-feira, 21 de novembro. A cerimônia de assinatura do acordo foi realizada no LG Science Park em Magok, Seul, e contou com a participação do líder da futura divisão estratégica de negócios da LG CNS Ha Tae-Seok e do CEO da Kakao Ground X Han Jae-seon.

Na ocasião da assinatura do acordo, um dos representantes da LG CNS destacou que existem, atualmente, projetos ativos de “inter-chain” (entre cadeias) dentro do setor que servem para conectar ecossistemas blockchain exclusivos. Ele complementou:

“Vamos quebrar as fronteiras existentes entre blockchains públicas e privadas por meio dessa parceria e combinar nossos pontos fortes para novas oportunidades de negócios.”

Um representante da Ground X acrescentou que a tecnologia de ancoragem da Klaytn (projeto global público de blockchain da Kakao) solidificará e dará confiabilidade aos dados fornecidos pela blockchain da LG CNS, a Monachain. E pontuou:

“A colaboração com a empresa de serviços de TI representante da Coreia, a LG CNS, levará a um crescimento do ecossistema de blockchain no país.”

Lançamento e uso das blockchains

A plataforma corporativa privada de blockchain da LG CNS Monachain foi lançada em maio de 2019. De acordo com o The Korea Herald,  objetivo inicial da plataforma era dar suporte aos pagamentos em moeda local “Chak” para a Korea Minting and Security Printing Corporation (estatal responsável por imprimir as notas, cunhar moedas e desenvolver documentos governamentais). Esta foi considerada a primeira vez em que uma blockchain foi utilizada no setor público. Agora, a plataforma já foi adotada pelas cidades provinciais de Siheung, Seongnam, Gunsan, Yeongju e Jecheon.

Já o Ground X lançou sua blockchain pública Klaytn em junho. A plataforma oferece um ambiente favorável ao desenvolvedor para codificação e operação de blockchain e está buscando ativamente popularizar o uso de blockchain entre a sociedade em geral.

Leia também: Gigante sul-coreana investe em blockchain e tecnologia descentralizada

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *