Justin Sun, fundador da Tron (TRX), prometeu publicamente doar US$1 milhão aos esforços da jovem ativista sueca Greta Thunberg, para ajudar as iniciativas promovidas pela ativista em prol do meio ambiente. O anúncio de Sun foi feito no Twitter, depois da divulgação dos resultados da conferência climática da COP25 da ONU.

“Como jovem empreendedor, compartilho a paixão de @GretaThunberg em mudar o mundo. A indústria de criptomoedas contribuirá imensamente na redução da pegada de carbono ao implementar assentamentos descentralizados. Gostaria de comprometer pessoalmente US$1 milhão com a iniciativa da @GretaThunberg. #cop25″, destacou.

A promessa de Sun de apoiar Thunberg foi recebida com muitas críticas. A ativista, que chegou a ser rotulada de “fantoche” da causa climática, foi acusada por alguns entusiastas da indústria de criptomoedas de fraude e até mesmo de “uma farsa patrocinada por Soros”. Além de Thunberg, as motivações pessoais de Sun também foram recebidas com sarcasmo e cinismo. Ele foi acusado de tentar “entrar na monetização de créditos compulsórios de carbono” e diversas pessoas encararam a promessa como uma manobra para impulsionar o valor do token Tron.

Durante a COP25, as recentes negociações climáticas da ONU foram recorde, não em resultados, mas em tempo de negociação e mesmo assim, terminaram em impasse sobre questões-chave, como estabelecer regras para um novo mercado global de comércio de carbono e adotar novas e mais ambiciosas metas de redução de emissões. Parte do “travamento” do debate se deu por conta das posições da delegação brasileira e norte-americana.

O Financial Times inclusive acusou Brasil e Austrália de terem impedido um progresso substantivo do grupo, em um tuíte publicado em 15 de dezembro, o secretário-geral da ONU Antonio Guterres escreveu que estava “desapontado com os resultados da #COP25:

“A comunidade internacional perdeu uma importante oportunidade de mostrar maior ambição em mitigação, adaptação e financiamento para enfrentar a crise climática”, destacou.

Leia também: Justin Sun confirma investimento na exchange Poloniex