Investidores seguem sem receber rendimentos da 18kRonaldinho

A 18kRonaldinho é uma empresa que reuniu atuação em marketing multinível com investimentos em Bitcoin e mercado Forex, além de prometer revenda de relógios – os rendimentos diários prometidos eram de 2%. A empresa se valia da imagem do ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, porém, após o rompimento com o “bruxo”, a empresa parou de efetuar pagamentos e mudou de nome.

Todas as economias foram investidas na empresa

De acordo com o UOL, centenas de investidores da 18k ainda não receberam seus rendimentos. A publicação começa usando de exemplo Carlos André da Silva Costa, padeiro residente em Rondonópolis, no Mato Grosso. Ao todo, Costa realizou três aportes de R$48 mil. Apesar de ter sacado parte do valor prometido no início, ele afirma que ainda possui R$77 mil junto à empresa, mas não consegue sacar o valor.

Ele desabafa:

“Fiquei sabendo da 18k pela internet. O povo começou a falar, e eu admirava demais o Ronaldinho, sempre fui fã do cara, gostava do futebol dele. E como ele estava no projeto, confiei nele. Eu achava que era uma coisa legal, nunca pensei que fosse um golpe.”

Costa afirma que depositou no projeto acreditando na imagem de Ronaldinho Gaúcho.

“Vi o Ronaldinho chamando a população, falando que quem entrava não perdia, que não associava o nome dele a coisa ruim, que ele estava lá só pra retribuir a paixão dos fãs, pra ajudar as pessoas. Então eu falei: ‘É agora!’ e coloquei mais duas contas de R$48 mil. Quem estava lá colocou tudo que tinha, não fui só eu. Foram várias pessoas. Tudo por causa do cara.”

Investigada pelo Ministério Público Federal

Desde outubro, a 18k está sendo investigada pelo Ministério Público Federal pela prática de “crime contra a economia popular”, pelo fato da autoridade haver indícios de pirâmide financeira. Na publicação da UOL, todos os investidores com valores presos que apresentaram depoimentos afirmam que apenas realizaram depósitos na 18k em virtude da imagem do Ronaldinho Gaúcho. Gabriela Alves, estudante de administração que investiu na 18k e está com valores bloqueados, afirmou:

“Eu e meu amigo achamos que o Ronaldinho não ia atrelar o nome dele a uma pirâmide, mas não houve produto e nem rentabilidade prometida.”

O ex-jogador de futebol se pronunciou, afirmando que também foi lesado pela 18k, devido à empresa ter utilizado sua imagem de forma indevida.

Leia também: Revista Veja cita Ronaldinho Gaúcho e Grupo Bitcoin Banco em artigo sobre golpes com criptoativos

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *