Idoso é preso por aplicar golpes com Bitcoin e lucrar mais de R$ 20 milhões

Idoso é preso por aplicar golpes com Bitcoin e lucrar mais de R$ 20 milhões

Um homem de 71 anos foi preso em Lisboa, capital de Portugal, após utilizar bancos portugueses para lavar dinheiro.

Segundo o portal Correio da Manhã, mais de R$ 20 milhões foram pegos com o homem. O dinheiro é fruto de um esquema internacional que dava golpes com Bitcoin.

Com a idade se acumula conhecimento (e desonestidade)

Segundo a reportagem, a Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e Criminalidade Tecnológica (UN3CT) de Portugal estava atrás do homem desde outubro de 2019.

O idoso, que é de um país não informado da União Europeia, esteve em Portugal três vezes entre 2019 e 2020. A reportagem ressalta que o objetivo foi abrir três empresas de fachada.

Após a abertura das empresas, foi possível criar seis contas bancárias. As contas estavam sendo usadas para lavar dinheiro obtido em um golpe internacional.

Tal golpe, segundo o Correio da Manhã, consiste em promessas de rendimentos com Bitcoin. O homem foi pego quando tentou sacar 3,7 milhões de euros, mais de R$ 20 milhões.

Tendo em vista a extensão do golpe, estima-se que muito mais foi roubado de vítimas ao redor do mundo.

Além de investimentos falsos em Bitcoin, o golpe ainda oferecia produtos tecnológicos, não especificados na reportagem.

Atualmente, o homem se encontra em prisão preventiva, e toda a quantia encontrada com ele foi apreendida.

Esforço intercontinental

O portal português Jornal de Notícias deu mais informações sobre o caso.

Além de autoridades de Portugal, agências da França e de Israel participaram do rastreamento. Contudo, até o momento, não foram identificados cúmplices.

É informado ainda que somente lavagem de dinheiro ocorria em Portugal, que está sendo tratado como paraíso fiscal da Europa.

O motivo está por trás de uma lei portuguesa, para os “residentes não habituais”.

De acordo com tal lei fiscal, novos residentes do país possuem isenção fiscal para rendas geradas fora de Portugal.

Ela se aplica para aqueles que não foram contribuintes em Portugal por cinco anos, e já residem no país por 183 dias. Salários estão entre os montantes isentos.

Leia também: Bitcoin perderá dominância em cinco anos, afirma famoso desenvolvedor

Leia também: Bitcoin começará a ser negociado na Bolsa de Valores da Alemanha

Leia também: Analista afirma que Bitcoin pode ultrapassar os R$ 360.000 em algumas semanas

Forex Crypto News: Cripto Facil