Hong Kong e Tailândia planejam emitir criptomoedas próprias em 2020

Os bancos centrais de Hong Kong e da Tailândia pesquisam casos de uso de criptomoedas e planejam lançar seu relatório de pesquisa conjunto até o primeiro trimestre de 2020, informou o The Block na quinta-feira, 07 de novembro.

A Autoridade Monetária de Hong Kong (HKMA) deu a notícia em um fórum realizado nesta quarta-feira, 06 de novembro. O HKMA e o Banco da Tailândia (BoT, na sigla em inglês) colaboraram em maio deste ano para estudar os benefícios e riscos do lançamento de uma moeda digital de um banco central (CBDC, na sigla em inglês).

O HKMA e o BoT também pesquisaram separadamente uma CBDC por meio de seus projetos LionRock e Inthanon, respectivamente. Por meio de uma parceria, os dois bancos centrais têm pesquisado especificamente sobre como facilitar a liquidação de pagamento contra pagamento (PvP) entre bancos de Hong Kong e da Tailândia usando uma CBDC atacadista.

O HKMA também colaborou com o instituto de pesquisa em moeda digital do Banco Popular da China (PBoC) em alguns projetos. O PBoC também busca desenvolver uma criptomoeda e sair na liderança desse setor.

Edmond Lau, diretor executivo sênior do HKMA, disse que o banco central de Hong Kong está focado no lado institucional da moeda digital e não vê necessidade de emiti-la para os cidadãos comuns. Em outras palavras, o HKMA está planejando usar sua moeda digital para pagamentos interbancários domésticos, pagamentos corporativos no atacado e liquidação de valores mobiliários, e não como moeda corrente.

O BoT trabalha no Inthanon desde agosto de 2018, enquanto o HKMA trabalha no LionRock desde 2017. Recentemente, conforme relatado pelo CriptoFácil, a autoridade financeira de Hong Kong liberou as novas regras para exchanges de criptomoedas que atuam no país.

Leia também: Hong Kong libera novas regras para exchanges de criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *