Grande rede de IPTV é derrubada e policiais encontram criptomoedas

Grande rede de IPTV é derrubada e policiais encontram criptomoedas

Os aparelhos de IPTV ficaram famosos no mundo todo. Trata-se de uma alternativa, controversa, às prestadores de serviço de TV por assinatura.

Um dos esquemas de IPTV mais famosos do mundo, com 2 milhões de assinantes, foi desmantelado na Europa. Cerca de R$ 28 milhões foram apreendidos em carros e relógios de luxo, dinheiro e criptomoedas.

Grande operação

Conforme relatado pelo TecMundo, foi necessário um esforço conjunto da Europol, Canadá e Estados Unidos para desmantelar o esquema.

Com a deflagração da operação, foram presos 11 suspeitos e apreendidos cerca de R$ 28 milhões – 5 milhões de euros.

Segundo a reportagem, os lucros do esquema superaram R$ 80 milhões. Os suspeitos foram rastreados por meio do foco nos servidores e endereços de IP.

Junto com os suspeitos, presos na Espanha, foram encontrados quatro carros, relógios de luxo, dinheiro e criptomoedas.

Contudo, não foi informado na reportagem qual era a finalidade das criptomoedas.

Desta forma, não há como saber se valores eram lavados em criptoativos, ou usados para ocultar bens.

Além disso, dentro das instalações foram encontrados diversos servidores relacionados ao golpe.

Abaixo, é possível conferir o vídeo que exibe partes da operação:

Lavagem de dinheiro com criptoativos

Movimentações com criptomoedas são facilmente verificadas em qualquer explorador. Isto posto, uma vez identificado um endereço de emissão, é consideravelmente fácil começar a puxar o fio da meada.

Entretanto, isso não impede que esquemas e pessoas utilizem criptomoedas para tal propósito.

No fim de maio, o CriptoFácil noticiou sobre um ucraniano que praticava fraudes clonando cartões. O dinheiro era então lavado em criptomoedas.

Um documentário publicado pelo TecMundo mostra um esquema semelhante no Brasil. Tratando sobre os “carders”, hackers que clonam cartões, um deles é questionado sobre como ele movimenta valores.

Gods, como é conhecido, responde em tom divertido:

“Quem disse que eu não posso declarar? Hoje em dia o Bitcoin tem uma falha, podem falar que você comprou tipo 100, 200 Bitcoins em 2011 e hoje você tem uma renda entre 10, 20 milhões guardados por aí. Então você tem dinheiro limpo, você pode fazer recibos falsos, você pode fazer… Com o dinheiro você faz tudo, mas o meu dinheiro eu guardo em Bitcoins e vivo uma vida normal.”

De fato, a vantagem do Bitcoin é o sigilo. Caso as autoridades não suspeitem que criminosos possuem criptomoedas, elas podem permanecer guardadas fora do radar.

Leia também: Analista afirma que Bitcoin pode ultrapassar os R$ 360.000 em algumas semanas

Leia também: Nova falha em processadores Intel que pode ser usada para minerar criptomoedas é revelada

Leia também: Aplicativo brasileiro que prometia saque de criptomoedas rouba seus usuários

Forex Crypto News: Cripto Facil