Google, Facebook e outras empresas são convidadas a falar sobre Bitcoin no Congresso brasileiro

As gigantes globais de tecnologia e comunicação Google, Facebook, Linkedin, Baidu, Apple, Samsung, Intel, Cisco, Tecent, Huawei e Amazon foram convidadas a falar no Congresso Nacional sobre como encaram Bitcoin e criptomoedas, de acordo com o requerimento do Deputado Expedito Netto, aprovado nesta quarta-feira, 09 de outubro.

A opinião destas empresas sobre Bitcoin e criptoativos é diversa e, por vezes, oposta. Como no caso da Apple, que já declarou não ver importância no lançamento de uma criptomoeda própria, enquanto o Facebook planeja o lançamento da Libra para o ano que vem.

O mesmo ocorre entre as gigantes de telefonia Samsung e Huawei, enquanto a gigante sul-coreana já tem criptomoedas integradas em seus dispositivos, a maior empresa de telecomunicações da China não tem planos para integrar criptomoedas.

Para o Deputado é fundamental que estas empresas compartilhem suas experiências e estudos em relação à utilização de moedas virtuais e de novas tecnologias digitais. 

“Solicita-se que sejam compartilhados com esta comissão eventuais estudos em andamento ou finalizados, que enriqueçam o processo de discussão desta comissão com relação à como a legislação em construção pode ajudar a fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias em nosso país e quais seriam os seus impactos. A participação dessas instituições é de extrema relevância na medida em que se busca assegurar que o país possa desenvolver novas tecnologias e se posicionar com protagonismo internacional, compatível com a importância geopolítica de nosso país, mas ao mesmo tempo, assegurando que a legislação não fragilize o controle e o combate à atividades ilícitas”, justificou o Deputado.

Leia também: Deputados aprovam viagens de Expedito Netto para Suíça e Las Vegas antes de parecer sobre criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil