Fórum Econômico Mundial relata que blockchain pode solucionar problemas causados pelo coronavírus

Fórum Econômico Mundial relata que blockchain pode solucionar problemas causados pelo coronavírus

O Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês) disse na segunda-feira que blockchain e digitalização podem ajudar as cadeias de suprimentos a sobreviver a crises como o COVID-19.

Em um texto escrito por Ziyang Fan e Rebecca Liao – respectivamente, chefe de comércio digital do WEF e vice-presidente executiva da empresa de blockchain Skuchain – os autores disseram que essa pandemia obrigou muitas empresas a lidar com a inesperada fragilidade de suas cadeias de suprimento e levou especialistas a reiterar “a necessidade de obter mais visibilidade em toda a cadeia”.

De acordo com os autores, isso ocorre porque muitas empresas da cadeia final sabiam apenas o histórico imediato de suas peças de origem. “Eles geralmente têm pouco ou nenhum conhecimento dos fornecedores mais adiante na cadeia e, portanto, pouca ou nenhuma maneira de saber se essas incógnitas são vulneráveis a interrupções”.

Fan e Liao escreveram que a blockchain adicionaria essa transparência sem sacrificar a privacidade corporativa. Um sistema blockchain adequadamente construído daria acesso mais amplo às partes relevantes e também permitiria a compra de dados da cadeia de suprimentos de seus fornecedores.

“Blockchain é a tecnologia ideal para garantir que os dados sobre desempenho e risco, subjacentes a todas as transações financeiras da cadeia de suprimentos, possam ser compartilhados de maneira autenticada com financiadores e outras partes de uma transação, mesmo quando não houver relação direta entre eles”, escreveram os autores.

A digitalização dos registros das cadeias é a outra solução parcial de Fan e Liao para esta crise. Eles apontam que os registros digitalizados da cadeia de suprimentos são muito mais acessíveis que as cópias em papel, que, nessa era de escritórios fechados e isolamento total, podem estar fora de alcance das empresas. Os autores destacam que as primeiras empresas e governos digitais “estão lidando com as interrupções da cadeia de suprimentos muito melhor do que as que não os têm”.

Essa não é a primeira vez que pessoas ligadas ao WEF destacam a importância da blockchain. O próprio fórum anunciou a criação de uma “carta de direitos” específica para a tecnologia, bem como a criação de uma blockchain voltada para o setor de mineração de metais.

Leia também: Estados Unidos registra primeira falência bancária causada pelo coronavírus

Forex Crypto News: Cripto Facil