Fed de Nova York imprimirá três vezes o valor de mercado do Bitcoin em semanas

De acordo com o comunicado oficial do Federal Reserve Bank (Fed) de Nova York (a unidade regional do Banco Central dos EUA em NY), e relatado pelo site ZyCrypto, o “Desk” conduzirá as operações de acordo de recompra (repo) de 13 de dezembro a 14 de janeiro de 2020.

“O ‘Desk’ conduzirá operações de recompra para garantir que o suprimento de reservas permaneça amplo e para mitigar o risco de pressões do mercado monetário no final do ano que possam afetar adversamente a implementação da política.”

Fed imprimindo dinheiro inexistente

O que exatamente é o contrato de recompra? Segundo a Investopedia: “Um acordo de recompra (repo) é uma forma de empréstimos de curto prazo para os negociantes em títulos do governo”.

Os governos estão sempre imprimindo dinheiro e os usuários de criptomoedas têm usado esse fato a seu favor, pois as criptomoedas têm um suprimento limitado e ninguém pode emitir mais, nunca. Imprimir dinheiro é realmente uma péssima solução para a economia de qualquer país. Embora aumente a quantidade de dinheiro, as empresas ainda terão a mesma quantidade de bens e serviços a oferecer e, em troca, simplesmente aumentarão seus preços, o que leva à inflação.

Então, se imprimir dinheiro é realmente muito ruim para a economia, por que os países ainda o fazem o tempo todo? Simples, qualquer economia em crescimento requer basicamente mais dinheiro e a única maneira de conseguir isso é através da impressão de novas notas. Isso basicamente mostra que todo o sistema é um pouco defeituoso. A dívida nacional dos EUA já atingiu US$23 trilhões.

Apenas a partir da dívida nacional dos EUA, cada Bitcoin valeria cerca de US$1,27 milhão na atual oferta circulante. Claramente, as críticas ao valor do Bitcoin ser muito alto não são necessariamente corretas.

As criptomoedas são realmente a solução?

Sabemos que as criptomoedas têm um suprimento limitado e não haverá inflação causada pela impressão de mais moedas, no entanto, existem muitos outros problemas que precisam ser resolvidos primeiro. No final do dia, o dinheiro fiduciário também trabalha com oferta e demanda; no entanto, os governos fornecerão a segurança de que sua própria moeda será um pouco estável.

Isso é algo que as criptomoedas não têm, a volatilidade no mercado de criptoativos é centenas de vezes maior e é definitivamente um problema que precisa ser resolvido. As moedas fiduciárias são certamente substituíveis. A Espanha, por exemplo, estava usando a “peseta” antes de fazer a transição para o euro. Da mesma forma, outros países mudaram suas moedas fiduciárias muitas vezes, então é possível que um dia, os países mudem para criptomoedas.

Leia também: Presidente do Fed diz que vantagens do “dólar digital” não são claras e cita riscos potenciais

Forex Crypto News: Cripto Facil