Fazendas de mineração na China com contratos diretos são fechadas

Fazendas de mineração na China com contratos diretos são fechadas

As províncias do sudeste da China, Sichuan e Yunnan, estão fazendo uma limpa em fazendas de mineração com fornecimento direto de energia.

Desta forma, todas as fazendas de mineração que possuem contratos diretos com as empresas de fornecimento de energia correm o risco de fechar.

O modelo de contratação de fazendas de mineração diretamente com fornecedores de energia é utilizado pela maioria das empresas do setor na China.

Sichuan

Juntas, as regiões de Sichuan e Yunnan respondem pela maior quantidade de hash rate da rede BTC em todo o mundo. Por outro lado, não é possível estabelecer uma relação entre os fechamentos e a recente queda no hash rate do Bitcoin.

Nesse cenário, a província de Sichuan, a ‘meca’ da mineração devido a seu custo de energia, emitiu um documento enfatizando o que chamou de perseguição.

Rede Estatal

Contudo, o que está preocupando as autoridades e ocasionando as perseguições é que, uma vez que os contratos são fechados diretamente com as empresas, a rede estatal de energia, a State Grid, acaba não lucrando com o fornecimento. Tanto que no primeiro trimestre de 2020 seu balanço foi negativo.

Assim, a repressão às fazendas de mineração tradicionais com fornecimento direto de energia seria uma maneira de proteger os interesses do Estado.

Portanto, isso representa um desastre para usinas hidrelétricas de pequena escala e fazendas de mineração de criptomoedas que já têm contratos com fornecimento direto de energia.

Tarifas mais baratas

Em Sichuan e Yunnan, com abundância de energia hidrelétrica, a maioria das fazendas de mineração obtém tarifas mais baratas de eletricidade diretamente de usinas hidrelétricas. Por isso, fecham contratos locais em vez de usar as redes nacionais. Essa prática não é ilegal na China e acaba beneficiando ambos os lados.

Desta forma, o Estado acaba não lucrando com os contratos e isso pode explicar por que os governos locais, embora desejem que a mineração de Bitcoin traga benefícios econômicos, geralmente parecem ambivalentes em relação à indústria de mineração da criptomoeda.

Nesse contexto, em 2 de junho, foi retificado o acesso ilegal de equipamento de energia para mineração de Bitcoin por parte da State Grid Ya’an, em Sichuan. O Bureau Econômico e Tecnológico do condado, a polícia, e as empresas de telefonia móvel e de telecomunicações também acompanharam a State Grid na ação.

A State Grid justificou que as usinas transferem energia para empresas de Bitcoin sem autorização, violando o contrato de compra e venda de energia assinado com a State Grid da China, além de violar a lei de energia.

Leia também: Instalação de mineração de Bitcoin é encontrada em “túmulos” na China

Leia também: Analista aponta que queda do Bitcoin foi causada por pool de mineração

Leia também: Província na China manda fechar 64 fazendas de mineração de Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil