Exchange descentralizada de John McAfee está em fase beta

O empresário e defensor das criptomoedas John McAfee lançou uma exchange descentralizada (DEX) que é executada sobre a blockchain do Ethereum, conforme noticiou a Cointelegraph neste início de semana.

A McAfee DEX entrou em fase de testes nesta segunda-feira, 07 de outubro, de acordo com o site oficial da plataforma e com uma publicação no Twitter feita por McAfee. Ele revelou a nova plataforma, declarando que leva tempo até que usuários suficientes juntem-se e tornem a usabilidade real, mas, com paciência, a exchange pode servir como uma “porta que nos livra do controle governamental”. Por “controle governamental”, McAfee refere-se às moedas fiduciárias.

No vídeo contido na publicação, McAfee argumenta que a comunidade de criptoativos está enfrentando a questão sobre suas aspirações se limitarem à meramente expandir as possibilidades de pura especulação, ou se elas focam em um ideal – a liberdade.

Após criticar o controle dos governos sobre as moedas fiduciárias e as perdas que elas representam à liberdade individual, McAfee dirigiu-se ao mercado de criptoativos afirmando:

“Exchanges centralizadas são nosso ponto fraco.”

Ele prosseguiu:

“Uma exchange distribuída não pode ser fechada por alguém. Descentralizado quer dizer que ninguém controla, distribuído significa que está em todo lugar, sendo consequentemente impossível de parar. Nós temos as criptomoedas focadas em privacidade, essa é outra parte da equação, pois estas moedas digitais combinadas com exchanges descentralizadas e distribuídas representam o ganso que nos dará ovos de ouro. Porém, nós não as utilizamos.”

De acordo com os detalhes publicados até agora, a McAfee DEX não terá práticas de identificação de cliente (KYC, na sigla em inglês), não bloqueará jurisdições e cobrará apenas uma taxa única de 0,25% para compra. Não serão cobradas taxas de venda e também será open source – ou seja, seu código-fonte será disponibilizado ao público.

Qualquer token padrão ERC-20 (baseado na rede Ethereum) pode ser acrescentado sem taxas na versão de testes, com mais tokens ainda não especificados a serem acrescentados no futuro.

McAfee ainda apontou para o baixo número de traders que atualmente estão utilizando exchanges descentralizadas, considerado que isso torna tais plataformas “inúteis”. Para sua DEX, McAfee pediu aos usuários:

“Usem e não esperem milagres. Usem até que se torne real.”

Exchanges descentralizadas permitem que seus usuários negociem entre si, utilizando contratos inteligentes para automatizar as trocas, cuidando da liquidação de ativos para permitir que os fundos dos usuários permaneçam sob seu controle.

Em janeiro de 2019, uma pesquisa com mais de 400 exchanges internacionais indicou que plataformas descentralizadas representam apenas 19% do ecossistema, e seus volumes de troca representam menos de 1% do volume das exchanges centralizadas.

Em abril, a Binance lançou uma DEX em sua rede nativa. Outras grandes exchanges estão planejando um movimento semelhante, incluindo OKEx e Bithumb.

Leia também: Binance bloqueará o acesso à sua DEX para 29 países

Forex Crypto News: Cripto Facil