Exchange brasileira lista stablecoin DAI

Exchange brasileira lista stablecoin DAI

A partir de agora, os clientes da exchange de brasileira de criptomoedas BitcoinTrade poderão negociar a stablecoin DAI.

O anúncio da listagem do criptoativo lastreado em dólar americano foi feito em uma live no canal do Youtube da corretora, nesta segunda-feira, dia 6 de julho.

DAI: descentralizada e pareada com dólar

Conforme explicou a BitcoinTrade durante a transmissão, a principal vantagem em negociar a stablecoin é sua descentralização e sua paridade com a moeda fiduciária americana.

Isso quer dizer que 1 DAI equivale a US$ 1,00. Desta forma, é possível usar a criptomoeda com menos volatilidade que outros ativos.

O engenheiro de Integrações da Maker Foundation, responsável pelo desenvolvimento da criptomoeda DAI, Petru Catana, abordou na live os principais aspectos do DAI.

A Maker é uma plataforma de contratos inteligentes na blockchain Ethereum que garante e estabiliza o valor do DAI. Além disso, permite que qualquer pessoa faça uso de seus ativos em Ethereum para gerar DAI na Plataforma Maker. 

Segundo Petru, o DAI tem a característica de ser uma criptomoeda totalmente descentralizada. Enquanto as outras stablecoins estão ligadas ao dólar que está em um banco.

Assim, são lançadas por instituições que estão submetidas à regulação e à legislação do país onde são emitidas. Por isso, há riscos de bloqueios e censura por parte das agências de regulação, explicou Petru.

“Portanto, se você quer mesmo ter uma moeda descentralizada e tem medo de um dia não poder utilizar sua moeda, então utiliza DAI. Com DAI ninguém mexe”, destacou.

Além disso, Petru enfatizou que, por pertencer ao ecossistema DeFi (Finanças Descentralizadas), é possível ganhar juros com o DAI. Ou seja, o detentor de DAI pode emprestar suas criptomoedas e ganhar juros com ela, detalhou.

Atualmente, a stablecoin DAI está listada entre as 50 principais criptomoedas por capitalização de mercado, segundo dados da CoinMarketCap. Mais precisamente, o DAI ocupa a 48ª posição no ranking, com valor de mercado de US$ 184.532.819.

Leia também: TCU discute uso de blockchain na Caixa Econômica, BNDES, Banco do Brasil e outros órgãos públicos

Leia também: Binance registra exchange descentralizada no Brasil

Leia também: Novo episódio do BitCast fala sobre phishing no mercado de criptoativos brasileiro

Forex Crypto News: Cripto Facil