Ex-oficial do Fed afirma que não faz sentido substituir o dólar por uma criptomoeda

O ex-funcionário do Federal Reserve (Fed), Banco Central dos Estados Unidos, Simon Potter afirmou que o plano para acabar com o domínio mundial do dólar americano (USD) substituindo-o por uma moeda digital não faz sentido.

Potter fez suas afirmações em uma entrevista ao portal BNN Bloomberg nesta terça-feira, 25 de setembro. Sua resposta foi direcionada ao governador do Banco da Inglaterra Mark Carney, que sugeriu a possível substituição do dólar por uma criptomoeda, até mesmo pela stablecoin do Facebook, a Libra. O chefe do Banco da Inglaterra disse que considera essa uma opção melhor do que permitir que o dólar seja substituído por outra moeda nacional como o yuan da China.

Vantagens do dólar

Potter, um ex-alto funcionário do Federal Reserve que dirigia a mesa de operações do Fed de Nova York, disse que a sugestão de Carney “ignora os benefícios de ter o dólar como moeda de reserva mundial”.

“Não vejo nenhum argumento que faça sentido ter algo complicado lá fora, quando você tem grandes mercados de capitais com alta liquidez nos EUA. Não utilizar uma moeda na qual você possa basicamente precificar as coisas e ter um mercado desenvolvido torna a vida muito mais difícil para a economia global”, afirmou Potter.

Embora ele acredite que seja improvável que os bancos centrais “se coordenem em torno de uma moeda digital”, as empresas privadas podem fazer isso.

“Os bancos centrais devem estar muito preocupados com o setor privado fazendo isso. O controle de uma nação sobre sua moeda é projetado para proteger as pessoas e obter bons resultados. O setor privado está muito mais interessado em vender produtos.”

Libra como solução para problemas financeiros

Em julho, Carney argumentou que as pessoas precisam lidar com os problemas que o Facebook está tentando resolver com sua stablecoin, independentemente das possíveis desvantagens do projeto. Ele também ressaltou que a Libra, devido à enorme escala do projeto, precisa ser perfeita em termos regulatórios.

“É bem-sucedido ou não é. Se for bem-sucedido, torna-se sistêmico, pois envolveria um número muito grande de usuários. E se é um sistema de pagamento sistêmico, a probabilidade é maior. Você tem que estar o tempo todo. Não pode ter problemas iniciais. Você não pode ter pessoas perdendo dinheiro com suas carteiras”, afirmou Carney.

Leia também: Recente intromissão do Fed no mercado pode ter influenciado a queda de preço do Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil