Ethereum 2.0: meta é alcançada e atualização ocorrerá em dezembro

Ethereum 2.0: meta é alcançada e atualização ocorrerá em dezembro

No início de novembro, a baixa adesão ao Ethereum 2.0 (ETH 2.0) arriscava atrasar o lançamento. Porém, a situação parece ter se revertido nos últimos dias.

Neste momento, o contrato inteligente necessário para acionar a primeira fase do ETH 2.0 possui 687.776 ETH, cerca de R$ 2,2 bilhões.

Com isso, ele possui fundos suficientes para iniciar a ativação da atualização mais ambiciosa do Ethereum até o momento.

Apenas na segunda-feira (23) foram 540 mil ETH acumuladas, cerca de R$ 1,7 bilhão. Isso garante os fundos necessários para que a primeira fase seja lançada na próxima semana.

Lançamento na última hora

A Fundação Ethereum havia definido que caso o contrato alcançasse 524.288 ETH até 24 de novembro, o lançamento ocorreria em 1º de dezembro.

Até o limite de prazo, a meta parecia bastante difícil. O contrato contava com apenas 385.440 ETH às 19h45 de segunda-feira.

No entanto, os 150 mil ETH depositados em um período de 24 horas garantiram o cumprimento do prazo.

Os últimos 25% de ETH necessários para acionar o contrato foram depositados em 4 horas.

Evolução do número de ETH depositados no ETH 2.0.
Evolução do número de ETH depositados no ETH 2.0. Fonte: Dune Analytics

A primeira fase do ETH 2.0 inicia formalmente a maior mudança no Ethereum. Entre as principais novidades trazidas pela rede estão:

  • Abandono gradual do mecanismo de prova de trabalho;
  • Adição do mecanismo de prova de participação (PoS, na sigla em inglês);
  • Melhoria de uma série de problemas, incluindo escalabilidade.

Lançamento será gradual

Apesar de muito aguardado, o ETH 2.0 não será totalmente lançado. O lançamento de dezembro ativará uma blockchain de prova de aposta paralela denominado “Beacon Chain”.

Esta rede funcionará em paralelo à atual rede Ethereum. As fases iniciais de seu desenvolvimento não afetarão os usuários existentes e os aplicativos descentralizados no Ethereum.

Os principais interessados na Beacon Chain do Ethereum 2.0 serão os validadores. Numa rede PoS, eles são os equivalentes aos mineradores.

Assim como os mineradores, os validadores ganham recompensas na rede em troca da criação de novos blocos.

Para se tornar um validador da Ethereum 2.0, o usuário deve apostar um mínimo de 32 ETH através do contrato de depósito. O valor equivale a cerca de R$ 104 mil na cotação atual.

No início, os validadores devem ganhar uma recompensa anual de aproximadamente 20% sobre as ETHs investidas. Mais de 16.300 validadores estarão protegendo a rede no lançamento.

Leia também: Bitcoin pode triplicar de preço com investimento de 3 bilionários

Leia também: XRP surpreende e pode atingir os R$ 4,00, dizem especialistas

Leia também: Peter Schiff ataca novamente: Bitcoin não é dinheiro, ouro é

Forex Crypto News: Cripto Facil