Escola usa plataforma de moeda virtual para ajudar pais inadimplentes a pagarem dívidas

Uma escola em Goiânia adotou um solução inusitada para ajudar os inadimplentes a quitarem suas dívidas com o colégio. Todos os “devedores” são convidados a ativar um cadastro na plataforma XporY.com, que funciona como uma espécie de marketplace de serviços e que “remunera” seus participantes com uma moeda virtual, a X, que só pode ser usada para transferências dentro da plataforma e funciona como uma stablecoin, tendo seu valor atrelado ao Real.

Neste caso em Goiânia especificamente, a partir do cadastro, a escola contrata os serviços disponibilizados pelos pais e faz a remuneração, dentro da plataforma, usando o X. Os devedores, por sua vez, ao receberem a moeda, fazem a transferência para a escola dos valores devidos, desta forma, sem gastar nada, conseguindo ficar em dia com as  mensalidades escolares.

De acordo com a reportagem do jornal Valor, este sistema é chamado de “permutas multilaterais” e vinha sendo debatido dentro do PL 2303/2015, de autoria do Deputado Federal Aureo Ribeiro, que prevê a regulamentação do mercado de Bitcoin e criptomoedas. Entretanto, o projeto foi desmembrado para se descaracterizar, pois trata-se de “uma moeda diferente” que não guarda relação com as criptomoedas.

Leia também: Universidade de São Paulo promove hackaton que busca soluções em blockchain

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *