Empresa é investigada por oferecer falsos investimentos em Bitcoin em Portugal

Empresa é investigada por oferecer falsos investimentos em Bitcoin em Portugal

Uma organização criminosa internacional, que teria enganado dezenas de pessoas na França, Bélgica e Suíça está sendo investigada pelo Ministério Público de Portugal. No total, a quadrilha teria movimentado € 16 milhões (quase R$ 90 milhões) prometendo investimentos em Bitcoin.

O valor arrecadado pelos investidores era direcionado para Portugal, onde agora cinco indivíduos estão sendo investigados; quatro deles estão em prisão preventiva

De acordo com o portal de notícias português, Jornal de Notícias, que relatou sobre o caso nesta quarta-feira, dia 8 de abril, o grupo é acusado de promover o golpe através de páginas criadas na internet, prometendo altos retornos pelo investimento.

Os acusados teriam ainda aberto contas bancárias em nome de 50 empresas compradas por eles. Assim, quando o dinheiro dos investidores chegada, era transferido para contas espalhadas pelo mundo, como em Hong Kong, Turquia, Romênia e Tailândia.

Segundo o jornal local, o grupo é responsável por uma organização criminosa sediada em Israel, onde vive o líder do grupo que ainda não foi identificado. O Ministério Público informou também que a rede de criminosos era composta por 20 indivíduos, residentes em vários lugares do mundo.

Leia também: G44 está por trás da Goldario, criptomoeda supostamente lastreada em esmeraldas

Forex Crypto News: Cripto Facil