Dogecoin, Cardano e Polkadot ainda podem valorizar mais, revela análise

Dogecoin, Cardano e Polkadot ainda podem valorizar mais, revela análise

O valor de mercado das criptomoedas passou de US$ 1,4 trilhão e superou a gigante mundial Google. Dentre as responsáveis pela alta estão Dogecoin, Cardano, Polkadot e o Bitcoin.

Entretanto, embora o fluxo de notícias positivas e o aumento dos preços na maioria das criptomoedas possam dar a impressão de que a corrida de alta nunca vai parar, os comerciantes devem ter cuidado porque cada fase de alta testemunha correções periódicas.

A opinião acima é do trader e especialista em criptoativos Rakesh Upadhyay. Ele pontuou alguns cenários de alta e baixa para algumas das principais criptomoedas do mercado.

De acordo com Upadhyay, Dogecoin, Cardano e Polkadot têm potencial para uma alta no curto prazo. Por outro lado, ele disse não acreditar que um rali que possa “bombar” o preço destas criptomoedas.

Dogecoin pode subir

No caso da Dogecoin (DOGE), o analista disse que a volatilidade tem diminuído. Dessa forma, resultou em sucessivos padrões de velas internas nos últimos três dias.

Conforme explicou o trader, isso sugere que os touros e os ursos não estão fazendo grandes apostas direcionais.

Assim, caso essa incerteza se resolva e se direcione para o lado positivo, os touros podem empurrar o preço acima da resistência de sobrecarga de US$ 0,0875. Dessa forma, a tendência de alta pode ser retomada, com o próximo alvo em US$ 0,102412 e então US$ 0,13.

“Contrariamente a esta suposição, se o preço cair abaixo de US$ 0,0625, o par DOGE/USD poderia iniciar uma correção mais profunda que pode atingir a MME de 20 dias (US$ 0,44)”, afirmou.

Cardano a US$ 1 é o sonho

Já no caso da Cardano (ADA), o especialista apontou que a criptomoeda está testemunhando uma alta vertical. Como observou, esse movimento empurrou o preço da moeda digital para US$ 0,8871889.

Assim, segundo ele, este movimento de alta dos últimos dias empurrou o índice de força relativa (RSI) para o território de sobrecompra.

Portanto, Upadhyay alertou que o primeiro suporte no lado negativo é o nível de retração de Fibonacci de 38,2% em US$ 0,6646150. Em seguida, o nível de retração de 50% em US$ 0,5958618.

Em outras palavras, se o preço se recuperar, isso vai sugerir que os touros continuam procurando oportunidades de compra nas quedas. Então, eles tentarão retomar a tendência de alta e elevar o preço ao nível psicológico de US$ 1.

“Pelo contrário, se os ursos afundarem o preço abaixo de US$ 0,5958618, a correção pode se aprofundar para a MME de 20 dias (US$ 0,51)”, destaca.

Polkadot avança mais

Por fim, sobre o Polkadot (DOT), o trader observou que o criptoativo permanece em tendência de alta. Entretanto, o impulso está enfraquecendo.

Nesse sentido, ele destacou que os gráficos apontam que há uma indecisão entre os touros e os ursos.

Portanto, se a incerteza resolver para o lado negativo e o preço permanecer abaixo de US$ 22, o par DOT/USD pode cair para o suporte de US$ 19,40.

“Este é um nível importante para ficar de olho. Isso porque uma quebra abaixo dele poderia puxar o preço para US$ 14,7259”.

Por outro lado, se o preço subir do nível atual ou US$ 19,40, isso irá sugerir que os comerciantes continuem a comprar os declínios. Se os touros puderem retomar a tendência de alta, o par pode subir para US$ 30.

Leia também: AKT vai disparar 1.000%, prevê trader de criptomoedas

Leia também: NovaDAX trava saques em reais e criptomoedas, reclamam clientes

Leia também: Mastercard vai aceitar pagamentos com criptomoedas em 2021

Forex Crypto News: Cripto Facil