Dívida dos EUA atinge U$24 trilhões pela primeira vez na história

Dívida dos EUA atinge U$24 trilhões pela primeira vez na história

De acordo com dados do site Trading Economics, a dívida pública dos Estados Unidos atingiu a impressionante marca de US$24,018 trilhões (cerca de R$ 123,6 trilhões) nesta quinta-feira, 09 de abril. O valor equivale a US$ 72.888,00 (R$374.644,00) para cada cidadão dos EUA, ou impressionantes US$193.805,00 (R$996.115,00) por pessoa, se levarmos em conta apenas quem paga impostos.

O recorde quase incompreensível da dívida nacional da maior economia do mundo ocorre semanas depois que o Federal Reserve iniciou um programa de impressão de dinheiro sem precedentes. Ao fornecer US $6 trilhões (R$30 trilhões) em liquidez, o Fed liderou as respostas ao impacto financeiro da crise do coronavírus, que, por sua vez, prevê que o desemprego nos EUA atinja 13%.

Para se ter uma ideia do tamanho desse valor, o pacote do Fed equivale a mais de quatro vezes todo o PIB brasileiro de 2019, que fechou em R$7,3 trilhões. E tudo isso foi criado pelo Fed em poucos dias.

o pacote do Fed equivale a mais de quatro vezes todo o PIB brasileiro de 2019, que fechou em R$7,3 trilhões. E tudo isso foi criado pelo Fed em poucos dias.

Impactos na economia e o Bitcoin

Em forte contraste com a deterioração da saúde da economia tradicional, o Bitcoin conseguiu resistir aos fortes impactos sem nenhum resgate do governo, mesmo com a queda histórica ocorrida em 11 de março. Até o momento, o par BTC/USD registrou um aumento de 2,1% em relação ao início de 2020, estando cotado a US$7.350.

Em comparação, por exemplo, o S&P 500 caiu 14,9% no acumulado do ano, enquanto o petróleo WTI caiu quase 58%. Isso mostra que a resiliência do criptoativo permanece, ainda que tenha sido abalada por causa dos últimos acontecimentos.

Segundo dados do banco JP Morgan, a pandemia de Covid-2019 pode custar ao mundo um total de US$ 5,5 trilhões (R$28,2 trilhões) em perda de produção. Com tais perdas e o aumento da busca por ativos de menor risco (categoria na qual estão os títulos do governo dos EUA, entre outros), podemos ver essa dívida crescer ainda mais, caso o governo mantenha seus pacotes de estímulo ou até amplie.

Leia também: Estados Unidos registra primeira falência bancária causada pelo coronavírus

Leia também: GAFI critica atuação dos EUA no combate a lavagem de dinheiro com criptoativos

Leia também: Senado dos EUA aprova projeto de lei que estipula o dólar digital

Forex Crypto News: Cripto Facil