Deribit registra marca no Brasil e pode estar vindo para o país

Deribit registra marca no Brasil e pode estar vindo para o país

A Deribit é uma exchange de contratos futuros e opções de criptomoedas.

Ela é uma das 10 maiores exchanges do mundo, em termos de volume, oferecendo tais serviços.

De acordo com uma publicação feita na Revista da Propriedade Industrial (RPI), a Deribit pode estar vindo para o Brasil.

Deribit registra marca no Brasil

A requisição, segundo o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) foi feito em março deste ano.

O INPI então recebeu o pedido um mês depois. Segundo o registro, a Deribit pretende registrar no Brasil:

“Serviços financeiros, a saber: serviços cambiais na área de moedas, moedas virtuais e derivados de criptomoeda; os serviços mencionados também são providos online; serviços financeiros, a saber: provimento de um mercado para a negociação de moedas, moedas virtuais e derivados de criptomoeda.”

Atualmente, a Deribit ainda não conquistou o registro da marca. A publicação feita no dia 14 de julho na RPI foi para registro de oposição.

Em outras palavras, foi publicado que a Deribit deseja registrar a marca. Caso alguém já tenha uma marca registrada nestes moldes, este é o momento para se manifestar.

Desta forma, é possível que a exchange esteja planejando a abertura formal de seus serviços ao Brasil.

Dentre as 10 maiores plataformas do segmento, a exchange detém 7,2% do volume de negociação, no momento da escrita desta matéria.

Em termos de contratos em aberto, a Deribit conta com 2,1% do mercado.

Contudo, não é certa tal teoria, uma vez que brasileiros já podem acessar seus serviços.

Precauções após exemplo da Binance?

Recentemente, a Binance conseguiu uma vitória judicial para registrar sua marca no Brasil.

A batalha foi iniciada após um advogado registrar a marca da exchange no país, bem como o nome de criptomoedas.

É possível que, tomando ciência deste cenário, a Deribit tenha desejado registrar sua marca para prevenir que o mesmo acontecesse com ela.

De qualquer forma, caso a Deribit tenha interesse em formalizar suas ofertas aos brasileiros, o primeiro passo foi dado.

Resta aguardar os 60 dias do período para oposição do registro para verificar como ficará a situação da marca Deribit no Brasil.

Leia também: BitMEX quer oferecer empréstimos de Bitcoin no Brasil

Leia também: Forbes: Ethereum supera o Bitcoin de várias maneiras

Leia também: PayPal foca em criptomoedas para suas novas soluções em desenvolvimento

Forex Crypto News: Cripto Facil