DeFi vai causar forte alta do Ethereum, garante Cameron Winklevoss

DeFi vai causar forte alta do Ethereum, garante Cameron Winklevoss

O cofundador da Gemini e bilionário do Bitcoin, Cameron Winklevoss, disse que o valor atual do Ethereum não reflete seu valor de mercado.

Além disso, o executivo destacou que o setor de finanças descentralizadas (DeFi) em expansão ainda está em sua “infância”.

ETH subvalorizada

Em uma entrevista com a youtuber Layah Heilpern, Winkelvoss comparou o Ethereum a um sistema operacional como iOS ou Windows.

Nesse sentido, ele observou que a ETH tem potencial para servir a inúmeras funções na web. No entanto, esse potencial é o que torna a ETH tão subestimada.

Conforme explicou o bilionário, e a quantidade de trabalho e desenvolvimento que vem sendo feito no Ethereum levou a rede a atingir um novo patamar de maturidade nos últimos três anos.

“Você está olhando para Ethereum basicamente em seu ponto mais alto, parece realmente desvalorizado onde está atualmente”, disse.

Além disso, ele destacou que o Bitcoin atingiu novos recordes e até o homem mais rico do mundo está comprando BTC. Segundo Winkelvoss, isso abre infinitas possibilidades para o mercado.

Afinal, mostra que as criptomoedas têm um potencial imenso que será cada vez mais sentido. E, neste ponto, o Ethereum vai liderar junto com uma “revolução” pelo mercado de DeFi.

“Definitivamente somos profissionais de DeFi. Listamos dezenas de tokens DeFi na Gemini, e apoiamos muito. É o começo, certo”, disse.

Risco

Contudo, o executivo pontuou que também existes riscos neste mercado. Portanto, é preciso estar atento a tudo e analisar cada projeto.

“Não é a experiência mais amigável. Definitivamente, há risco. alguns projetos falharão espetacularmente e alguns deles terão um sucesso incrível. É novo, e tem que ser uma espécie de lente com a qual você o aborda.”

Por fim, ao contrário das opiniões de muitos maximalistas do Bitcoin, Winklevoss ressaltou que o mercado de DeFi não precisa competir com o Bitcoin. Isso porque eles servem a propósitos diferentes dentro do setor de criptotivos.

Leia também: R$ 1,8 bilhão em Bitcoin: mais uma empresa quer investir

Leia também: Criptomoeda já acumula alta de 70% e pode valorizar ainda mais

Leia também: Bitcoin rompe máxima histórica: agora sobe ou desce?

Forex Crypto News: Cripto Facil