CVM proíbe atuação de outra empresa de Forex no Brasil

CVM proíbe atuação de outra empresa de Forex no Brasil

A Comissão de Valores Mobiliários proibiu a atuação de mais uma empresa que oferece serviços de Forex no Brasil.  

Em um comunicado, publicado nesta sexta-feira, dia 8 de maio, a CVM alertou sobre a atuação irregular da empresa CIBFX – LIMITED no mercado. Desta forma, a autarquia determinou a suspensão imediata de ofertas de investimento pela empresa. Em caso de descumprimento, a empresa deverá pagar uma multa diária no valor de R$ 1.000.

“A Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI) da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alerta o mercado de valores mobiliários e o público em geral sobre a atuação irregular da empresa CIBFX – LIMITED”.

De acordo com o alerta, a área técnica da CVM teria detectado indícios de que a empresa, por meio de sites e redes sociais, está efetuando a captação irregular de clientes residentes no Brasil para a realização de operações no mercado Forex.

A CVM informou ainda que, segundo o Ato Declaratório CVM 17.845, emitido pela SMI, a empresa não está autorizada pela CVM a captar clientes residentes no Brasil. Isso porque a CIBFX – LIMITED, segundo a CVM, não integra o sistema de distribuição previsto no art. 15 da Lei 6.385/76.

“Sendo assim, a CVM determinou a imediata suspensão de veiculação de qualquer oferta pública de oportunidades de investimento no denominado mercado Forex, de forma direta ou indireta”.

No comunicado, a CVM explicou que as operações realizadas no mercado Forex envolvem negociações com pares de moedas estrangeiras e revelam “a existência de instrumentos financeiros por meio dos quais são transacionadas taxas de câmbio”. Por conta disso, essas características se enquadram na definição de contrato derivativo e, por consequência, no conceito legal de valor mobiliário.

A CVM ainda solicita que os investidores que receberem propostas de investimento da empresa entrem em contato a CVM por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC).

Lista de proibições da CVM

Conforme vem noticiando o CriptoFácil, além da CIBFX – LIMITED, nas últimas semanas a CVM anunciou a proibição da atuação de diversas empresas de Forex no Brasil, como a AVA Trade, IQ Option, Capitalia Limited – Tradear e a Grupo Start Invest. 

Leia também: CEO da Pantera Capital prevê Bitcoin a R$2,5 milhões em 2021

Leia também: Analista opina sobre preço do Bitcoin ideal para mineradores após o halving

Leia também: John McAfee diz que recebeu uma ligação de Satoshi Nakamoto pedindo para não ser revelado

Forex Crypto News: Cripto Facil