Cuidado: exchanges e figuras famosas das criptomoedas são hackeadas no Twitter

Cuidado: exchanges e figuras famosas das criptomoedas são hackeadas no Twitter

O Twitter foi surpreendido nesta quarta-feira após diversas contas serem hackeadas.

Segundo o CryptoWhale, foram milhares de contas. Dentre elas estão exchanges como Gemini, Binance e Kucoin.

Também foram hackeadas pessoas famosas do ecossistema, como Changpeng Zhao, Charlie Lee, Justin Sun e Vitalik Buterin.

Por fim, parece que até o mainstream foi afetado. Elon Musk, Bill Gates, Jeff Bezos e diversas outras figuras famosas sofreram com a brecha de segurança.

Golpes com criptomoedas dominam o mercado

Quem está acompanhando o hack em curso, está presenciando talvez o maior golpe da história das criptomoedas.

Não em quantidade de criptomoedas roubadas, mas pela a grandiosidade do impacto.

A imagem abaixo, feita pelo usuário do Twitter CryptoWhale, mostra algumas das pessoas hackeadas:

Contas hackeadas no twitter

Além destas, a CNBC relatou que Elon Musk (CEO da Tesla e SpaceX), Jeff Bezos (CEO da Amazon) e Bill Gates (fundador da Microsoft) também foram hackeados.

Até mesmo a conta da Apple foi hackeada. Um mesmo endereço de Bitcoin está sendo divulgado com frequência: bc1qxy2kgdygjrsqtzq2n0yrf2493p83kkfjhx0wlh.

Em pouco mais de duas horas, contadas da escrita desta matéria, o endereço já captou mais de 12 BTC.

Ao todo, são mais de R$ 600 mil. Os hackers já começaram a movimentar os valores, conforme é possível ver na imagem abaixo:

Os hackers até mesmo escolheram um endereço compatível com SegWit, a fim de economizar nas taxas.

Possível causa

Ao que tudo indica, o episódio foi uma falha de segurança da rede social.

Diversas das figuras e empresas hackeadas afirmaram que possuem autenticação em dois fatores ativada, ou 2FA.

Desta forma, torna-se muito mais provável que o ataque seja fruto de uma falha de segurança do Twitter.

Ao todo, 315 depósitos foram feitos. O timing do ataque foi “bom”, tendo em vista a entrada de novos investidores na criptoesfera após o halving do Bitcoin.

Até o momento da escrita desta matéria, o Bitcoin não foi impactado pelo ataque em passa.

O criptoativo segue acima dos R$ 49.000, com uma leve queda de 0,35% nas últimas 24 horas.

Leia também: Justiça manda bloquear bens do líder da DD Corporation Leonardo Araujo

Leia também: Novo golpe com Bitcoin usa Chico Buarque como isca

Leia também: Volatilidade do Bitcoin atinge nível mais baixo em três anos, aponta análise

Forex Crypto News: Cripto Facil