Criptomoeda da Huobi é aprovada pela CVM do Japão

Criptomoeda da Huobi é aprovada pela CVM do Japão

A Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA), órgão regulador do país, aprovou o token nativo da Huobi Global, o Huobi Token (HT) como um criptoativo autorizado a ser negociado e comercializado no país, segundo um comunicado de imprensa compartilhado com o CriptoFácil em 23 de abril. Com a aprovação, o HT se junta a outros 25 tokens que já foram aprovados pela FSA japonesa, porém, é o primeiro desenvolvido por uma exchange a obter a aprovação.

A aprovação do HT chega em um momento oportuno, à medida que o Japão aperta os regulamentos e atualiza as leis existentes para definir regulamentações que tratem melhor do universo dos criptoativos. No ano passado, a Câmara dos Representantes do Japão aprovou revisões de dois atos legislativos, a Lei de Serviços de Pagamento (PSA) e a Lei de Instrumentos Financeiros e Câmbio (FIEA), para classificar e regular as criptomoedas. Espera-se que o Japão comece a aplicar as versões revisadas do PSA e FIEA a partir de 1º de maio.

A Huobi Japan, uma subsidiária do Huobi Group, será a primeira a apoiar o HT no Japão quando o token começar a ser negociado em maio. A Huobi Japão, lançada no final de 2018, recebeu a licença “Kanto Finance Bureau No. 0007, emitida pelo Ministério das Finanças do Japão. Isso permite que a plataforma japonesa ofereça suporte a seis ativos digitais, 10 pares de negociação e um acordo de fiat-cripto para o iene japonês.

O HT foi recentemente aceito como uma opção de pagamento para doações de caridade ao Project HOPE, uma organização global sem fins lucrativos que fornece desenvolvimento de saúde e assistência emergencial desde 1958. Segundo a Huobi, para expandir ainda mais a utilidade do HT para além do ecossistema Huobi, a exchange está buscando incluir suporte para o HT em cartões de crédito internacionais, cartões bancários digitais, empresas de tecnologia e centros globais de empreendedorismo.

Leia também: Huobi imprime 4 milhões de sua stablecoin HUSD após meses de inatividade

Leia também: Tribunal chinês decide que possuir Ethereum é legal no país

Leia também: Usuários acusam carteira Blockchain de movimentar fundos sem permissão

Forex Crypto News: Cripto Facil