Cotação do Bitcoin reduz em 1% nas últimas 24 horas

O mercado de criptoativos segue similiar ao nível registrado há 24 horas e conforme o fim de semana se aproxima, ele não dá sinais de grande recuperação ou de nova desvalorização. O Bitcoin sofreu uma perda pequena no último dia e agora luta para manter-se acima dos US$8 mil.

Nesta sexta-feira, 04 de outubro, o Bitcoin era cotado a US$8.200, conforme mostram dados da ferramenta Coinmarketcap, o que representa uma queda de cerca de 1% nas últimas 24 horas. O principal criptoativo do mercado agora parece lutar para manter-se acima da faixa dos US$8 mil. O nível mais baixo atingido pelo BTC no último dia foi de US$8.146 e o mais alto foi de US$8.286.

Os criptoativos do top 10 estão divididos entre ganhos e perdas, sendo o próprio Bitcoin o maior perdedor deste grupo, ao despejar 1% no dia. O Ethereum está seguindo os passos do BTC e também registra uma perda de quase 1%. Entre os ganhadores, a Litecoin se destaca ao valorizar 2,3% e o XRP ao valorizar 1,7% nas últimas 24 horas.

Um cenário parecido é visto entre os criptoativos do top 20, com algumas desvalorizações mais pesadas. A Chainlink e a Tezos, que ontem registravam ganhos em meio à desvalorização do mercado como um todo, nesta manhã, registram perdas consideráveis quando comparadas aos seus pares desta seção, de 3,7% e 3,9% respectivamente. A Iota também despeja parte de seu valor, especificamente 1,7%. Entre os ganhadores, a Tron se destaca ao adicionar 1,5% no dia.

No momento da escrita, o valor total do mercado de criptoativos era de US$218 bilhões, ou seja, US$1 bilhão a menos do que nas últimas 24 horas. A dominância do Bitcoin segue na faixa dos 67%.

Leia também: Bitcoin é negociado na faixa dos US$8.300 nas últimas 24 horas

Forex Crypto News: Cripto Facil