Coinbase se prepara para abrir seu capital na bolsa de valores

Coinbase se prepara para abrir seu capital na bolsa de valores

A maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos e uma das maiores do mundo, a Coinbase, está se preparando para lançar ações no mercado. A operação pode ocorrer ainda este ano ou no início do ano que vem.

Assim, caso o projeto se concretize, a Coinbase será a primeira grande corretora de criptomoedas a abrir capital na bolsa.

Lista direta e não IPO

Conforme publicou a Reuters nesta quinta-feira, 9 de julho, a abertura de capital da Coinbase deve ser feita por meio de uma lista direta, ao invés de uma oferta pública inicial tradicional (IPO). Por outro lado, as fontes da agências enfatizaram que o projeto ainda pode sofrer alterações.

No caso de uma listagem direta, a empresa não venderia novas ações como ocorre nas IPOs. Logo, os investidores não estariam sujeitos a restrições de bloqueio de quando podem alienar suas participações após a estreia no mercado.

Vale ressaltar que na última rodada de captação de recursos privados em 2018, a Coinbase foi avaliada em mais de US$ 8 milhões, ou seja, quase R$ 43 milhões.

Projeto precisaria de aval da SEC

Entretanto, o projeto precisaria do aval da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) para acontecer.

E, embora a corretora ainda não tenha registrado sua intenção de abrir capital junto à SEC, já está em negociação para contratar bancos de investimento e escritórios de advocacia, segundo as fontes da Reuters que solicitaram anonimato.

A SEC, por sua vez, já declarou que algumas criptomoedas podem ser consideradas títulos. Por isso, estariam sujeitas à regulamentação.

No entanto, a entidade ainda não emitiu orientações específicas sobre a maioria das criptomoedas. Muitas das quais têm se esforçado para obter legitimidade entre os principais investidores, conforme destacou a Reuters.

Sobre a possibilidade, a SEC preferiu não se pronunciar. Já um porta-voz da Coinbase disse que a empresa não comenta rumores ou especulações.

Leia também: Ethereum lidera lista das 30 principais criptomoedas do segundo trimestre

Leia também: Fundos de criptomoedas do Brasil superam Bitcoin com alta de até 85%

Leia também: Confira as melhores GPUs para minerar criptomoedas em 2020

Forex Crypto News: Cripto Facil