China aprova lei sobre senhas criptografadas e abre caminho para sua criptomoeda

A China implementou uma lei que rege o gerenciamento de senhas criptográficas como parte de seus planos de pré-lançamento para a moeda digital do banco central (CBDC, na sigla em inglês). Segundo o China Money Network, o Comitê Permanente do 13º Congresso Nacional do Povo da China aprovou a lei de criptografia em 26 de outubro, mas ela começou a valer a partir de 01 de janeiro, e divide as senhas em geral em três categorias distintas – senhas, senhas comuns e senhas comerciais – e visa facilitar a transição da China para tecnologia blockchain.

“Para impedir a violação de dados, é necessário proteger cada dado com uma senha. O desenvolvimento da tecnologia blockchain não pode ser separado do progresso da tecnologia de criptografia”, escreveu a China Money Network.

A China ainda não estabeleceu uma data formal de lançamento para sua CBDC, no entanto, segundo informações não oficiais, o Banco Popular da China (PBoC) deve começar os testes da moeda digital em Shenzhen, capital tecnológica da China, ainda no primeiro semestre deste ano.

Os elogios públicos repentinos de Pequim à blockchain provocaram uma onda de entusiasmo que resvalou no mercado de criptomoedas. O Bitcoin (BTC) viu seu valor aumentar, enquanto altcoins baseadas na China apresentaram um crescimento considerável em um curto período. Após o anúncio, as autoridades chinesas começaram uma nova “perseguição” às empresas de criptomoedas.

Leia também: China tem sua primeira proposta de ETF relacionado a blockchain

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *