Cerca de 23% da hash rate atual do Bitcoin é gerada por Antminers S9

Cerca de 23% da hash rate atual do Bitcoin é gerada por Antminers S9

Um recente relatório publicado pelo portal CoinMetrics, revelou que o Antminer S9 da Bitmain, um dos hardwares mais populares de mineração de Bitcoin do mundo, produz cerca de 23% da produção total de hash do BTC. Segundo a pesquisa, em 2018 os S9 contribuíram com até 78% do total do poder de hash da rede, quando o produto de hardware de mineração foi o mais vendido no mercado. No entanto, esse número sofreu um declínio constante desde então, enquanto a participação na rede de outros equipamentos aumentou.

total de hash do BT

Os dados também revelam que após o halving e levando em conta o preço atual do Bitcoin, o S9 não será mais um equipamento rentável. Desta forma, ele deve ser desligado por boa parte dos pools de mineração que ainda não atualizaram seus equipamentos. Isso pode atingir, principalmente, os pools fora da China que enfrentam dificuldades em conseguir novos equipamentos devido às restrições comerciais impostas para conter o avanço do coronavírus em todo o mundo.

Em março, o fundo chinês Spark Capital estimou que a taxa total de hash contribuída pelos S9s fosse de 20 a 25%, enquanto no início do ano, a corretora de equipamentos de mineração Blockwares Solutions calculou esse valor em cerca de 50%.

Contudo, diferentemente destas pesquisas, a Coin Metrics calculou a porcentagem de S9 com base na distribuição de nonces, que são valores numéricos que o equipamento de mineração gera aleatoriamente para ganhar o direito de adicionar um bloco à blockchain. Traçar a distribuição do nonce ao longo do tempo mostra faixas de espaços vazios, indicando que algumas partes dos nonces não são tão frequentemente amostradas.

Segundo a pesquisa, essas faixas provavelmente são causadas pela maneira como S9s e S7s – outra série de produtos Antminer – amostram nonces, o que não é completamente aleatório. Como tal, a área do espaço vazio pode ser causada por S9s e S7s, pulando certos intervalos de nonces e pode ser um proxy para seu uso na rede.

No início de 2019, a Bitmain lançou seus produtos Antminer S17 e T17, que logo se tornaram substitutos populares para os S9s. A empresa também lançou a série S19 em maio, com os primeiros lotes esgotados de acordo com o site da empresa. Enquanto isso, a MicroBT, sem dúvida a segunda maior fabricante de mineradoras depois da Bitmain, acaba de lançar três novos modelos com eficiência semelhante aos S19s.

No entanto, o gerente de vendas da Bitmain, Kun Yu, não aconselha os detentores de S9 a abandonar seus equipamentos. “Para os proprietários de mineradores que usam energia de hidrelétricas: é recomendável que prestem mais atenção aos modelos S9”, disse Yu.

Leia também: Peter Schiff afirma que preço do Bitcoin cairá após o halving

Leia também: Hackers que atacaram empresa de energia de Portugal pedindo resgate em Bitcoin revelam documentos da companhia

Leia também: Mike Novogratz afirma que está otimista sobre halving do Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil