CEO da Tron está pagando celebridades para promover TRX no Twitter

CEO da Tron está pagando celebridades para promover TRX no Twitter

O fundador do Tron (TRX), Justin Sun, voltou a chamar a atenção da comunidade por estar, aparentemente, pagando celebridades para que promovam o TRX no Twitter.

O caso veio à tona na tarde de quinta-feira (11), após a atriz Lindsay Lohan tuitar que estava explorando o mercado de DeFi e parabenizar Justin Sun pelo bom trabalho com TRX.

Justin Sun ataca novamente

Aparentemente, trata-se de mais uma jogada de marketing de Sun para promover a criptomoeda TRX.

“Explorando DeFi e já gostando de JST, SUN em TRX. Super rápido e 0 taxa. Bom trabalho Justin Sun”, tuitou a atriz.

Em resposta, o CEO da Tron publicou:

“Bem-vinda à família TRON! Mostre-me seu endereço TRX, posso enviar algo para você.”

Lindsay Lohan
Fonte: Lindsay Lohan/Twitter

Em seguida, o mesmo ocorreu com o cantor e compositor Ne-Yo. Ele disse no Twitter que acredita que TRX, SUN e JST são um “pacote ideal de criptomoedas”.

Em resposta, Jun também deu as boas-vindas ao artista e prometeu “enviar algo” para sua carteira de TRX.

Ne-Yo
Fonte: Ne-Yo/Twitter

Por fim, foi a vez da atriz e diretora de conteúdo adulto Kendra Lust pedir que seus 1,2 milhão de seguidores no Twitter usassem Tron.

“As pessoas apenas deveriam usar TRX porque é rápido, barato e quente. Até o PornHub gosta. Obrigada, Justin Sun.”

Comunidade percebeu a jogada rapidamente

A comunidade percebeu rapidamente que se tratava de mais um truque de Sun para divulgar o token da Tron.

À Kendra Lust, o CEO da Tron perguntou se a adoção em massa do TRX estaria no horizonte. Em seguida, o popular negociante de criptomoedas conhecido como CryptoCobain respondeu:

“Não, você apenas pagou um monte de gente para tuitar sobre isso tudo ao mesmo tempo.”

CryptoCobain
Fonte: CryptoCobain/Twitter

Já o pesquisador em criptomoedas que se apresenta como Ricky Fundamentals foi mais específico. Ele disse que Sun pagou 1 milhão de tokens para as celebridades tuitarem sobre TRX.

Além disso, afirmou que Sun está implantando celebridades para impulsionarem o criptoativo. Assim, o TRX terá a liquidez necessária para a próxima grande venda:

“É apenas um show de fumaça. Lindsay Lohan se preocupa tanto com as criptomoedas quanto eu com os filmes dela”, disse.

Quem aproveitou o “ensejo” para destacar a diferença entre o boom no mercado de criptomoedas de 2018 e o atual, foi o CEO da Binance, Changpeng Zhao (CZ).

“2018. Promoções dos OGs [veteranos] de criptomoedas. Ninguém tinha mais de 500 mil seguidores naquela época.

2021. Promoções das principais celebridades. 5 milhões de seguidores, 8 milhões de seguidores, um até tem 40 milhões de seguidores”, destacou.

Problemas com a SEC

Já o advogado focado em tecnologia blockchain, Collins Belton, fez um alerta a Justin Sun para possíveis problemas com a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

“[Justin Sun] implorando ruidosamente à SEC que o persiga por induzir celebridades a violar as leis de valores mobiliários não é a jornada heroica que eu esperava dele em 2021. Mas respeito.”

Quem reforçou o alerta do advogado foi o entusiasta do mercado de DeFi, Hunting Island. À Lindsay Lohan ele observou que a SEC pode multá-la em milhões de dólares por esse tipo de endosso em que ela foi recompensada com dinheiro ou tokens grátis

“Então, não vale a pena”, disse.

Enquanto isso, o token da Tron TRX está sendo negociado a cerca de US$ 0,055, ou seja, R$ 0,30. A valorização já é de quase 15% nas últimas 24 horas, segundo dados do CoinGecko.

CoinGecko
Fonte: CoinGecko

Leia também: Próxima resistência do Bitcoin é em R$ 270 mil, prevê Mercado Bitcoin

Leia também: Há 10 anos, “prêmio de consolação” de jogo eletrônico foi 25 Bitcoins

Leia também: CEO do Twitter e Jay-Z criam fundo milionário para desenvolver Bitcoin

Forex Crypto News: Cripto Facil